Piauí é o terceiro estado do Nordeste com maior número de mulheres empreendedoras

No Estado, 165 mil mulheres são donas do seu próprio negócio, segundo dados do Sebrae-PI

20/09/2022 11:09h - Atualizado em 21/09/2022 12:11h

Compartilhar no

O empreendedorismo cresceu no Piauí nos últimos anos. Com a pandemia de Covid-19, a prática empreendedora subiu principalmente entre as mulheres. Dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) apontam que o Piauí é o terceiro estado do Nordeste com maior número de mulheres empreendedoras, o que representa cerca de 165 mil mulheres donas do próprio negócio.


Leia também: Feira do Empreendedor ultrapassa número de inscrições e reúne grande público em Teresina 


Os negócios online têm sido um importante propulsor nesse crescimento. A pandemia acelerou a transformação digital em 72% das empresas. Durante a Feira do Empreendedor realizada pelo Sebrae, o engenheiro mecânico Ricardo França revela como as empresas podem digitalizar seus negócios.

(Foto: Fernando Frazão - Agência Brasil)

“Para investir em alta tecnologia não precisa ser uma empresa grande. Se você é um produtor de cajuína, de iogurte ou manteiga, por exemplo, e quer saber como está seu negócio de forma mais digital, você pode ter análise do seu processo e ter acesso aos dados de qualquer lugar que estiver. Através da inteligência artificial, a gente sensoria a linha através de um sistema implantado nas máquinas e que vai gerar dados operacionais na linha de produção. Parece ser complexo, mas é bem simples”, informa.

O Centro das Indústrias do Estado do Piauí (Ciepi) tem apoiado ações que fomentam o empreendedorismo e capacitação de profissionais qualificados para o mercado. Federico Musso, presidente do Ciepi, cita a importância de apoio aos pequenos e microempreendedores e defende ações motivadoras para o setor.

“O empreendedorismo é um dos principais segmentos do Piauí, assim como a indústria que movimenta a economia do estado e tem apresentado avanços na geração de emprego e renda. Os dados do Sebrae demonstram o quanto as mulheres têm contribuído para que o Piauí se destaque positivamente e ampliando novas oportunidades com seus negócios. O Ciepi está sempre ativo e também buscando desenvolvimento para esses setores”, afirma.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário