Saúde alerta para casos de dengue no litoral do Piauí

Na planície litorânea, preocupa a Sesapi também fato de três municípios não conseguirem ainda atingir a marca de 60% da população com a imunização completa contra a Covid-19

15/05/2022 14:05h

Compartilhar no

O crescimento de casos prováveis de dengue nos municípios que compõem a planície litorânea do Piauí elevou a atenção das autoridades de saúde para a região. Ao todo, são cinco municípios em estado de alerta (Bom Princípio do Piauí, Buriti dos Lopes, Cocal, Ilha Grande e Luis Correia) e um em situação de risco para a doença (Cajueiro da Praia), segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi).


Leia tambémSucatas são risco de proliferação do mosquito da dengue na zona Sul de Teresina 


O secretário de saúde, Neris Junior, explicou que a Sesapi disponibilizou técnicos para avaliar o nível de infestação do mosquito Aedes Aegypti por bairro em cada uma dessas cidades. A utilização de carros fumacê nesses municípios deverá ser ampliada. 

“Nossos técnicos, com a ajuda dos municípios, estão observando o nível de infestação por bairro, infestação predial do mosquito por bairro e a gente segue fazendo o trabalho de borrifação, com o carro fumacê, esse é um trabalho que é realizado em 4 ciclos, onde nesses 4 ciclos nos temos uma interrupção de apenas 3 dias, seguindo uma medida científica”, comentou.

Foto: Assis Fernandes / O Dia

No município de Cajueiro da Praia, onde a situação é mais grave, a Prefeitura realiza nas escolas uma campanha de conscientização com os alunos na sala de aula e ações nos bairros para alertar os moradores para os cuidados básicos para evitar a proliferação do mosquito. 

Para o secretário Neris Junior, a ajuda da população é a principal medida de contenção dos casos de dengue. “Pedimos o apoio da população com medidas simples, como, virando as garrafas de cabeça para baixo, tampando as caixas d’água, tirando os pneus que acumulam água, limpando seus quintais, tirando todos os objetos que possam acumular água. Todos temos que nos unir, pois a principal estratégia é a ajuda da população que é o principal ator no combate ao mosquito da dengue e da chicungunya”, afirmou. 

Vacina contra Covid

Na planície litorânea, preocupa a Sesapi também fato de três municípios (Murici dos Portelas, Bom Princípio do Piauí e Parnaíba) não conseguirem ainda atingir a marca de 60% da população com a imunização completa contra a Covid-19. A Sesapi comunicou que prestará assistência técnica para que essas cidades alcancem a meta de vacinação

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário