TSE autoriza forças armadas para reforçar segurança nas eleições em 85 cidades do Piauí

A solicitação para a presença da Força Federal foi solicitada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) para garantir o livre exercício do voto

18/09/2022 17:10h - Atualizado em 18/09/2022 17:23h

Compartilhar no

Um total de 85 municípios do Piauí deverão contar com forças federais no reforço da segurança para as eleições do dia 2 de outubro. O envio do contingente foi autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e deverá ser referendado pelo plenário da corte. 


Leia tambémJingles acirram campanha de Rafael e Sílvio a duas semanas da eleição 


A solicitação para a presença da Força Federal foi solicitada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) para garantir o livre exercício do voto, a normalidade da votação e da apuração dos resultados em 26 zonas eleitorais de todo o estado. O pedido teve anuência da Secretaria de Estado da Segurança que justificou a necessidade de reforço na segurança para a manutenção da ordem.

Foto: Arquivo / O Dia

A região de Picos é a que mais municípios receberão as tropas. Serão sete cidades: Picos, Germiniano, Dom Expedito Lopes, Santana do Piauí, Sussuapara, Santa Cruz do Piauí, Wall Ferraz, Aroeira do Itaim e Paquetá. O Piauí é o terceiro estado com o maior número de municípios com reforço na segurança, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro (167 municípios) e Maranhão (97 municípios). 

Em todo o pais, Alexandre de Morais autorizou o envio de forças federais para 561 localidades dos estados Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Piauí e Tocantins.

Veja as cidades do Piauí 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário