Acusados de sequestrar frentista e roubar cofre de posto em Teresina são presos

Crime aconteceu em julho de 2021 em um posto de combustível localizado na Avenida Duqye de Caxias. Um dos presos é líder do PCC no Maranhão.

18/07/2022 11:44h

Compartilhar no

A Polícia Civil, por meio do Grupo de  Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu na manhã desta segunda-feira (18) no bairro Gurupi dois homens acusados de terem participado do sequestro a um frentista e do roubo ao cofre de um posto de combustível na Avenida Duque Caxias, em Teresina. O crime aconteceu no dia 13 de julho de 2021.

Na ocasião, os acusados renderam o funcionário do posto, o fizeram de refém enquanto a outra parte da quadrilha arrombava o cofre do estabelecimento. O frentista foi liberado na Ladeira do Uruguai após os criminosos subtraírem cerca de R$ 30 mil do posto de combustível. Os presos de hoje foram identificados como sendo Manuel Oliveira Moreira, conhecido como Da Noite; e Herlon Wallas Pinheiro Alves, mais conhecido como “Makabro”


Roubo aconteceu na madrugada do dia 13 de julho em Teresina - Foto: Divulgação/Polícia Militar

De acordo com o delegado Tales Gomes, coordenador do Greco, Manuel já possui uma condenação em seu nome pelo crime de roubo. Herlon também já tem uma condenação por crime de tráfico de drogas. “O Herlon é também um dos líderes do PCC no Maranhão. Contra ele havia ainda dois mandados de prisão em aberto por homicídio e organização criminosa”, explica o delegado.

Manuel e Herlon foram conduzidos para a sede do Greco onde prestaram depoimento e de lá serão encaminhados para o sistema prisional.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário