Assaltos na zona Norte: Polícia prende três suspeitos de arrastões

Os suspeitos desobedeceram a ordem de parada e tentaram fugir do certo

22/07/2020 18:20h - Atualizado em 22/07/2020 18:31h

Compartilhar no

A polícia prendeu na tarde desta quarta-feira (22/07), no bairro Monte Alegre, na zona Norte de Teresina, um trio suspeito de realizar arrastões na região da Santa Maria da Codipi. Com eles, foram encontrados uma arma de fogo, uma carteira e celulares que haviam sido tomados nas ações criminosas.

Segundo o 13º Batalhão da Polícia Militar, há vários dias chegavam denúncias de que homens em um carro modelo Sandero estariam realizando arrastões com o uso de uma arma. Diante das características, as guarnições foram mobilizadas para tentar localizar os suspeitos.


Leia também

Soldado da PM é morto a tiros durante assalto na Vila São Francisco 


Na tarde de hoje, um carro modelo Renault Clio foi localizado durante a ronda de uma guarnição. Os suspeitos desobedeceram a ordem de parada e tentaram fugir do certo. Os policiais dispararam nos pneus do veículo para consegui parar concluir a ação.

Equipamentos apreendidos com os suspeitos (Foto:Jailson Soares / O Dia)

Carro usado pelos suspeitos nos assaltos (Foto: Jailson Soares / O Dia)

“Com a morte do nosso companheiro na Vila São Francisco, passamos a diligenciar com mais efetividade. Foi quando avistamos três elementos em um carro que tem semelhança com o veículo que há dias vem fazendo vários assaltos em Teresina. Desobedeceu a ordem de parada e tivemos que furar os pneus”, revelou o cabo Matias, do 13º BPM.

Os dois homens e o menor de idade foram reconhecido por uma das vítimas. “Eles estavam com uma arma de fogo de fabricação caseira. Dos três, um é conhecido da gente pela prática criminosa. Uma vítima reconheceu os elementos, mas disse que eles estavam em outro veículo”, disse o cabo Matias. No início da noite a polícia conseguiu localizar o Sandero e prendeu mais um suspeito de participação nos assaltos.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Otávio Neto

Deixe seu comentário