Com aumento do fluxo de passageiros, PRF realiza ação na rodoviária de Teresina

A medida mirou veículos de transporte intermunicipal e interestaduais

24/12/2021 15:55h

Compartilhar no

O aumento do fluxo de passageiros e o aumento da frota de ônibus que deixam Teresina nesta sexta-feira (24) para as festividades de Natal levou à Polícia Rodoviária Federal (PRF) a realizar uma ação educativa na rodoviária da Capital. A medida mirou veículos de transporte intermunicipal e interestaduais.


Leia também: Arcebispo de Teresina deixa mensagem natalina aos fiéis: “Natal é uma festa do encontro” 


A ação buscou conscientizar motoristas e passageiros para a segurança durante a viagem, como o respeito a velocidade estabelecida nas vias e o uso do cinco de segurança. “Com a ação a PRF pretende orientar e conscientizar sobre a importância do papel de todos na promoção de um trânsito seguro”, explicou a PRF. 

Foto: Divulgação / PRF

concessionária que administra o Terminal Rodoviário de Teresina estima que desde o dia 21 de dezembro até hoje já embarcaram um total de 12 mil pessoas . O número será superior entre os dias 27 e 30 de dezembro, quando os passageiros deixarão a Capital para as festa de Ano Novo. O aumento é 70% maior que o registrado no ano passado. 

A previsão de aumento de fluxo acontece também para as rodovias federais no estado. “Embora o dia 25, feriado de Natal, tenha caído em um sábado, as comemorações provocam um aumento relevante no fluxo de veículos que circulam pelas rodovias federais”, analisa a PRF.

Desde essa quinta-feira (23) o policiamento foi reforçado em locais e horários identificados como de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. A medida busca coibir infrações relacionadas a ultrapassagem indevida, embriaguez ao volante, não utilização do cinto de segurança e demais dispositivos de retenção obrigatórios, falta de uso do capacete, excesso de velocidade e utilização do telefone celular durante na condução de veículos.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário