Comandante Erisvaldo Viana faz avaliação positiva da “Operação Reveillon” no litoral

De acordo com o comandante, Parnaíba completa, nesta segunda (03), 17 dias sem nenhum homicídio

03/01/2022 09:58h - Atualizado em 03/01/2022 15:16h

Compartilhar no

O Comandante do 2° Batalhão da Polícia Militar em Parnaíba, tenente-coronel Erisvaldo Viana, fez um balanço da Operação Revéillon no litoral do estado e avaliou positivamente o baixo índice de criminalidade durante todos os dias festivos em Parnaíba e região. De acordo com o comandante, Parnaíba completa, nesta segunda (03), 17 dias sem nenhum homicídio registrado. Durante o feriadão apenas duas ocorrências de tentativa de furto foram registradas, os dois suspeitos foram apreendidos em flagrante.

O tenente-coronel assumiu o comando do 2° BPM e da Companhia Independente de Turismo (Ciptur), de Luís Correia, há três semanas, após um aumento de 150% no número de óbitos. O militar fez uma análise das ocorrências ao longo do feriado. “ A avaliação da operação réveillon foi positiva, na medida em que zeramos as mortes violentas individuais, tivemos apenas duas tentativas de furto e os dois acusados foram presos. Hoje completamos dezessete dias sem homicídio na região do litoral, reduzimos todos os índices de criminalidade. Vamos continuar nessa pegada com  operações de blitz, barreiras e bloqueios. Agora mesmo estamos fazendo uma barreira na entrada de Ilha Grande e continuaremos com as operações de saturação nos bairros em que havia esse tipo de criminalidade com maior vulnerabilidade. Em cima disso que estamos tendo os dados positivos para apresentar para a imprensa”, disse o comandante.

Para Erisvaldo Viana, um duro golpe na briga de facções foi um dos principais elementos para a redução nos índices de criminalidade na planície litorânea. “Quando chegamos aqui encontramos um quadro de banalização da violência, disputa de locais de tráfico pelos criminosos e a disseminação das drogas. Com a prisão de alguns líderes, tanto de facção A, como de facção B, eles perderam a capacidade de mobilização. Também apreendemos 21 armas de fogo e mais de 5kg de drogas entre maconha, cocaína e crack. Isso atingiu o centro das facções, só em dinheiro apreendemos mais de 200 mil reais. Eles tiveram uma grande baixa, não só na prisão dos faccionados como na apreensão de drogas, dinheiro e armamento. Isso abalou sistematicamente as facções. A solução foi a força tarefa em que todos trabalharam de forma integrada trazendo a paz social”, concluiu o comandante.

FOTO: Assessoria PMPI

Cuidados nas férias

O tenente-coronel Erisvaldo Viana ainda fez um alerta as famílias que viajam para o período de férias em Luís Correia, em Parnaíba. “Hoje não dá mais para abandonar sua casa ao bel-prazer, até por que sabemos que tem umas pessoas que vivem de fazer furtos. A orientação é essa, não deixem suas casas só, principalmente nos pontos mais afastados da área central de Luís Correia. Sempre deixem alguém viajando, paguem algumas pessoas. Tem que tomar esse cuidado, a Polícia Militar garante a segurança pública, mas é difícil garantir a segurança privada. Luís Correia é uma cidade territorialmente muito grande, muito embora as viaturas façam as rondas nestes bairros, sempre vai ficar mais descoberto. A orientação é ter muito cuidado”, concluiu o tenente-coronel.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário