Festa clandestina em Teresina termina em tiroteio e uma pessoa morta

Evento acontecia em um bairro na zona Leste da capital. Um pessoa ficou ferida. Casa de show já havia sido notificada por descumprir protocolos este mês.

19/02/2021 09:56h - Atualizado em 19/02/2021 13:43h

Compartilhar no

Uma festa clandestina que acontecia na madrugada desta sexta-feira (19) em um bairro na zona Leste de Teresina terminou em troca de tiros e uma pessoa morta. Vídeos recebidos pelo Portalodia.com mostram as pessoas saindo às presas de dentro do estabelecimento, uma mulher tentando segurar um homem e bastante correria enquanto tiros são disparados ao fundo.


Leia também: Carnaval: Operação flagrou 28 estabelecimentos com aglomerações no Piauí 


O homem assassinado trajava uma camisa branca, calça de cor escura e aparentava ter cerca de 30 anos. Ele foi identificado como sendo Jonas de Sena Oliveira. Uma outra pessoa, ainda não identificada, ficou ferida por um dos disparos e foi encaminhada para a UPA do Satélite.

De acordo com policiais do 5º BPM, os criminosos teriam invadido o local onde acontecia a festa em busca de um desafeto. Ainda não se sabe de Jonas era mesmo o alvo ou se foi executado por engano. Depois do homicídio e em meio à correria, os suspeitos fugiram em um carro atirando para cima. No local do ocorrido, a PM encontrou sete estojos de munições calibre 556 e três de munição calibre 380.

O caso já foi repassado para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Casa de show já havia sido notificada por descumprimento de protocolos

De acordo com um documento encaminhado pela Polícia Militar, a casa de show onde ocorria a festa na madrugada desta sexta (19) já tinha sido alvo de fiscalização por parte da Prefeitura de Teresina no último dia 08 de fevereiro. 

O espaço havia sido obrigado a paralisar no prazo de 48 horas as atividades de shows com música ao vivo por conta do descumprimento do Código de Posturas do Município e da Lei das Casas de Shows e Eventos, bem como por violar o decreto estadual que proíbe a realização de eventos com aglomeração por conta da pandemia.

Em caso de descumprimento, o estabelecimento estaria sujeito à aplicação e interdição de suas atividades pelo poder público.

Vale lembrar que festas e quaisquer outros eventos que gerem aglomeração estão proibidos por força de decreto estadual até o próximo dia 21. O objetivo era justamente tentar conter os índices de disseminação da covid-19 e reduzir as taxas de óbitos e casos diagnosticados no Estado.

Delegado vai ouvir donos de casa de show por descumprirem decreto

Os responsáveis pela casa de show onde ocorreu o homicídio de Jonas Oliveira na madrugada desta sexta-feira (19) em Teresina também serão ouvidos e responsabilizados pelo descumprimento do decreto estadual que proíbe a realização de festas e eventos com aglomeração até o próximo dia 21 de fevereiro. Quem afirmou foi o delegado Francisco Baretta, coordenador da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com ele, os autores do homicídio foram até o local na intenção de matar Jonas em um provável acerto de contas do mundo do crime. “Ele já tem passagens pela polícia. O Jonas já foi preso quatro vezes, inclusive por assalto a banco e por nós, em 2014, por um homicídio no Todos os Santos. O que demonstra é que eles [os autores do crime] tinham um objetivo e verificaram a maneira mais oportuna e o local”, comenta o delegado.

Baretta lamentou que em plena pandeia ainda hajam aqueles que descumprem os decretos do governo e reiterou que a polícia também vai apurar a desobediência à lei com a realização do evento na noite de ontem (18). “Temos um decreto do governador proibindo aglomerações e não podemos permitir esse tipo de fato. Não vamos permitir que se promovam festas para que se resulte em crimes”, finaliza o delegado.

A polícia ainda não tem informações sobre os autores do assassinato de Jonas.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Com informações de Tony Silva, da ODIA TV

Deixe seu comentário