Gerente do Banco do Brasil é encontrado morto com sinais de violência em Teresina

O rapaz apresentava diversas marcas roxas no pescoço e estava com costelas quebradas

18/09/2022 11:43h - Atualizado em 19/09/2022 12:38h

Compartilhar no

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) irá investigar a morte do jovem Jardel Igor Gomes de Lima, de 29 anos, encontrado morto na madrugada deste sábado (17) próximo a uma boate na zona Sul de Teresina. O rapaz, que é gerente de uma agência do Banco do Brasil, localizada no bairro Piçarra, estava com diversas lesões e sinais de violência e foi encontrado em via pública.

De acordo com a declaração de óbito, o corpo de Jardel apresentava “edema cerebral, hemorragia intracraniana, trauma cranioencefálico devido ação contundente''. O rapaz apresentava diversas marcas roxas no pescoço e estava com costelas quebradas.

(Foto: Reprodução/redes sociais)

Testemunhas relataram que Jardel estava sob efeito de drogas e teria agredido funcionários da boate. Em seguida, ele teria tido um surto psicótico e veio a óbito. O corpo de Jardel Lima foi encontrado por volta das 1h da manhã. A morte do bancário seria investigada pelo DHPP.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário