Grupo de jovens amedronta moradores do conjunto Planalto Uruguai, zona Leste de Teresina

Os moradores não sabem o que tem motivado essas ações e temem por novos ataques.

01/10/2022 10:11h

Compartilhar no

Um grupo de jovens tem amedrontado os moradores do Conjunto Planalto Uruguai, no bairro Vale Quem Tem, zona Leste de Teresina. Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que cinco rapazes de bicicleta passam em alta velocidade em uma das vias, batem em um portão e arremessam pedras contra uma residência. O caso foi registrado na última quarta (28) e quinta (29). Os moradores não sabem o que tem motivado essas ações e temem por novos ataques.

Segundo moradores que preferem não se identificar, o primeiro ato ocorreu na quarta-feira (28) por volta das 20h59 entre as quadras 15 e 16 do Conjunto Planalto Uruguai. Um dos rapazes passa em alta velocidade em frente a uma residência e bate com força, com uma das mãos, no portão da casa. 

(Foto: Reprodução)

No dia seguinte, na quinta-feira (29), o grupo passa novamente pelo local, por volta das 21h41, e desta vez um dos jovens arremessa uma pedra contra a fachada da mesma residência.

Os moradores do local estão amedrontados e indignados com a situação. Não se sabe o que vem motivando os ataques, mas os populares temem que eles retornem para fazer algo pior. Segundo pessoas que moram no local, eles têm amizade com alguns jovens que moram justamente entre as quadras 15 e 16 e que se juntam para fazer baderna”, disse um morador.

Outro popular relata que o portão da residência atacada ficou amassado. Com o barulho, alguns moradores chegaram a sair para verificar o que tinha ocorrido, mas não conseguiram identificar os jovens. Diante do caso, os moradores ficaram bastante amedrontados.

“Acionamos o 5º Batalhão e a Guarda Municipal, e eles fizeram ronda. Achamos que tinha sido algo isolado apenas na quarta, mas nos surpreendemos que eles voltaram na quinta e com uma ação mais pesada, que foi arremessando uma pedra. A população até ficou em alerta, mas eles não retornaram na sexta. Não sabemos se são menores de idade, aparentemente sim, e já vem atuando há um tempo no bairro, se reúnem em pontos específicos e saem em disparada. Inclusive, já atuaram em outras quadras e uma pessoa chegou a ameaçá-los de morte”, relata outro morador.

De acordo com populares, o 5° Batalhão da Polícia Militar foi acionado e prometeu fazer rondas na região para tentar identificar e deter o grupo.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário