Homem que roubou arma de policial em Teresina é condenado a 14 anos de prisão

A pena foi agravada pela extensa ficha criminal do homem

15/09/2022 15:04h - Atualizado em 15/09/2022 15:23h

Compartilhar no

Um homem identificado como Ítalo da Silva Araújo, réu por roubar uma arma de policial militar em uma casa de shows na zona Leste de Teresina, foi condenado a 14 anos de prisão pelo juiz João Antônio Bittencourt Braga Neto, da 3ª Vara Criminal de Teresina. A pena foi agravada pela extensa ficha criminal do homem.

Segundo a denúncia, na madrugada do dia 24 de janeiro deste ano, ítalo estava em uma festa em um estabelecimento localizado na Avenida Zequinha Freire quando um segurança percebeu que ele estava armado. O condenado, que é apontado como integrante do grupo criminoso “bonde dos quarenta”, entrou em luta corporal com o policial, sacou a arma e outros integrantes da organização agrediram o policial. 

Foto: Jailson Soares / O Dia

“Cerca de dez pessoas dentre ela mulheres e homens também entraram para agredir (o segurança), e neste momento Ítalo conseguiu subtrair a pistola da vítima de calibre 9 mm, a qual estava com um carregador municiado e também levaram outro carregador também municiado, sendo ao todo 16 munições que também foram subtraídos”, diz trecho do processo. 

No dia seguinte, o réu foi localizado em um churrasco no Condomínio Caneleiro, Conjunto Torquato Neto. Ítalo Araújo empreendeu fuga e ainda efetuou um disparo contra a guarnição. Os policiais reagiram e conseguiram deter o suspeito. Com ele, foi encontrado a arma roubada do policial. 

Na decisão, o magistrado fixou o regime fechado para o início do cumprimento da pena, em razão do tempo fixado, aliado à existência de maus antecedentes e frente ao reconhecimento da reincidência.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário