Idosa suspeita de matar cães é presa com venenos em casa

A Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão em dois endereços de Teresina, na zona sudeste e na zona rural, onde foram localizados frascos

21/08/2020 17:17h - Atualizado em 21/08/2020 17:25h

Compartilhar no

A idosa investigada pela morte de cães em Teresina foi presa na tarde desta sexta-feira (21/08) depois que a polícia encontrou em sua residência venenos que possuem comercialização proibida no Brasil e podem ter sido usados nos crimes cometidos contra os animais.

A Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão em dois endereços de Teresina, na zona sudeste e na zona rural, onde foram localizados frascos de venenos para ratos. Os mandados foram expedidos pelo Poder Judiciário devido as investigações da DPMA.


Leia também

Teresina: protetora denuncia mais um caso de envenenamento de cães 


A delegada Edenilza Viana, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, explicou que a idosa foi denunciada pela tutora dos animais no mês de maio, quando teve um cão morto por envenenamento. Nessa semana, outros animais apareceram mortos e os mandados de busca a preensão autorizados pela Justiça.

Frascos com veneno encontrados na residência da investigada (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

"Cães foram envenenados e a tutora representou criminalmente. Nós já havíamos feito autuações anteriores e, na última quarta-feira, mais um animal foi supostamente envenenado. Ontem os mandados de   busca foram expedidos e na tarde de hoje (21) cumprimos com  o apoio da Perícia Criminal, da Gerência de Polícia Especializada, da Core (Greco) e Ascom" , afirmou Edenilza Viana.

Segundo a delegada, a proprietária da residência foi autuada em flagrante na Lei de Crimes Ambientais e o procedimento será encaminhado para a Justiça. A idosa foi encaminhada à Central de Flagrantes para os procedimentos legais. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Otávio Neto