Homem é condenado a 36 anos de prisão por estuprar e matar mulher na frente do filho

O crime aconteceu em Nazária em setembro de 2019. Thalisson Francisco Araújo estuprou e matou Laisse da Silva para roubá-la.

14/07/2021 10:25h - Atualizado em 14/07/2021 10:33h

Compartilhar no

A juíza Junia Maria Feitosa Bezerra Fialho, da 4ª Vara Criminal de Teresina, condenou Thalison Francisco Araújo a 36 anos de prisão pelo estupro e homicídio praticados contra Laisse da Silva Carvalho em crime ocorrido no município de Nazária em setembro de 2019. Segundo consta nos autos, Thalison matou a vítima na frente do filho dela, uma criança de 2 anos, para poder roubá-la.

Confira a íntegra da decisão aqui 

O corpo de Laisse foi encontrado pelo seu cunhado no dia seguinte ao crime. Ele recebeu uma ligação da mãe da vítima, informando que ela não lhe dava retorno nem havia comparecido ao trabalho. “Na manhã seguinte, Laisse foi encontrada já sem vida no interior da residência por uma testemunha. O corpo da vítima estava em seu quarto, sobre a cama, despido. No local também se encontrava o menos filho da vítima, com apenas dois anos de idade, tendo presenciado a brutal ação criminosa”, diz os autos.


Condenação foi proferida pela titular da 4º Vara Criminal de Teresina - Foto: O Dia

Thalisson foi preso pouco depois em uma parada de ônibus às margens da PI-130. Com ele, a Polícia Militar apreendeu o celular de Laisse. Durante o processo, a justiça ouviu diversas testemunhas do crime, inclusive as peritas criminais que colheram material genético da vítima que comprovou a prática do estupro e a presença de Thalisson na cena do crime.

Em sua sentença, a juíza Junia Feitosa Bezerra condenou o réu a 36 anos de prisão a serem cumpridos inicialmente em regime fechado e sem a possibilidade de recorrer em liberdade.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário