Morador de rua é encontrado morto a pauladas e pedradas na zona Sudeste

A cabeça da vítima foi encontrada sob um tronco de árvore com mais de 20 kg.

27/07/2018 15:46h

Compartilhar no

Um morador de rua ainda não identificado foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (27) no bairro Todos os Santos, zona Sudeste de Teresina. Segundo informações do delegado Jarbas Lima do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima foi morta a pauladas e pedradas durante a madrugada de hoje.

O morador de rua era um andarilho e fazia alguns bicos de trabalho na região Sudeste. O corpo foi encontrado com marcas de violência causadas por uma pedra, troncos e galhos de árvore. O delegado Jarbas Lima afirma que a cabeça da vítima foi encontrada sob o tronco de uma árvore com mais de 20 kg.

Segundo o delegado Jarbas Lima, a vítima foi morta a pauladas e pedradas. (Foto: Arquivo O Dia)

De acordo com o delegado, a vítima estava bebendo em companhia de outras duas pessoas em uma metalúrgica nas proximidades do local onde o corpo foi encontrado. A suspeita é de que essas pessoas seriam os autores do crime.

“Nós já temos os nomes dos suspeitos, mas devido às investigações não podemos divulgar. Houve um desentendimento entre a vítima e essas duas pessoas e ele foi morto com um instrumento contundente”, afirma o delegado.

A Polícia Civil encontrou ainda roupas sujas de sangue em uma casa próximo ao local onde o corpo foi encontrado, levando a Polícia a acreditar que os suspeitos praticaram o crime e depois trocaram de roupas antes de fugir. “Na casa nós encontramos pouco sangue. Pela dinâmica, nós acreditamos que a vítima foi morta fora da casa, no mesmo local onde encontramos o corpo”, esclarece o delegado Jarbas Lima.

Até o momento os suspeitos de serem os autores do homicídio não foram encontrados. Equipes da Polícia Civil continuam em diligências na tentativa de capturar os dois homens. O corpo do morador de rua foi periciado e encaminhado ao Instituto de Medicina Legal de Teresina (IML). 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário