Motorista tenta subornar policiais para fugir de blitz em Picos e acaba preso

Ele foi parado por dirigir com uma criança de 4 anos no carro sem a cadeirinha de transporte adequada e ofereceu um “negocinho” aos inspetores para poder seguir viagem.

08/11/2021 10:34h

Compartilhar no

Policiais rodoviários federais prenderam neste domingo (07) um homem que tentou oferecer-lhes vantagens indevidas e suborná-los para escapar da autuação em uma blitz. A barreira estava montada na BR-316 na entrada de Picos e o motorista em questão foi primeiramente autuado por trafegar sem a cadeira de transporte da criança de 4 anos que transportava no carro. 


Leia também: Homem é preso em União por agiotagem e tentativa de suborno 


De acordo a PRF, o motorista dirigia o carro acompanhado de uma mulher que estava no banco do passageiro e levava a criança no colo. Ao ser parado na barreira, ele ofereceu “um negocinho” aos agentes para conseguir seguir viagem sem receber nenhuma multa ou autuação.


Foto: Divulgação/PRF-PI

“Ele relatou que estaria vindo de um supermercado e, no momento da abordagem, estaria retornando para sua residência. Diante disso, foi informado ao condutor sobre a lavratura do auto de infração referente à falta do dispositivo de retenção para o transporte da criança. Neste momento, o condutor perguntou aos policiais se os mesmos não liberariam o veículo sem a lavratura do auto de infração mediante o pagamento de um ‘negocinho’”, disse a PRF em nota. 

O motorista seria multado em R$ 297,43 pela falta da cadeirinha de transporte no carro .A polícia não divulgou o valor que ele ofereceu aos policiais para se livrar da multa. 

Diante da tentativa de suborno, os inspetores da PRF deram voz de prisão ao condutor com base no artigo 333 do Código Penal que trata do oferecimento de vantagem, qualquer tipo de benefício ou satisfação de vontade que afete a moralidade da Administração Pública. O motorista foi autuado e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Picos para os procedimentos cabíveis.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da PRF-PI

Deixe seu comentário