VÍDEO: Mulher é estuprada por vigia da escola onde trabalha, na zona Sul de Teresina

O crime foi cometido no último sábado (14), quando a vítima saía do trabalho. O vigilante usou uma arma de fogo para abordar a mulher

16/05/2022 12:05h - Atualizado em 16/05/2022 12:48h

Compartilhar no

A Força Tática prendeu, na manhã desta segunda-feira (16), o vigilante, identificado apenas pelas iniciais F.A.D.S., acusado de estuprar uma mulher no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina. O crime ocorreu no último sábado (14). Segundo a polícia, a vítima, que é funcionária da escola onde o acusado trabalhava, saía do trabalho, por volta das 18h10, quando foi atacada

Nas imagens da câmera de segurança é possível ver o momento que a mulher é atacada pelo homem. Os dois chegam a travar uma intensa luta corporal, e, por alguns instante, a mulher consegue se soltar e tenta fugir, mas é novamente agarrada pelo vigilante e arrastada. Em seguida, o estupro é consumado. O vigilante teria utilizado uma arma de fogo quando abordou a vítima.

(Foto: Reprodução)

O cabo Jairo, da Força Tarefa da Polícia Militar, usou suas redes sociais para divulgar a prisão do vigilante. Enquanto o homem é colocado na viatura, é possível ver seu rosto bastante machucado. De acordo com a polícia, ele foi agredido por populares antes da Força Tática chegar ao local. O homem é acusado de outros crimes de estupro, sendo uma das vítimas uma cadeirante.

“Foram muitos dias aí, mas está preso agora. Três estupros, até contra uma cadeirante em Campo Maior. Ninguém quer ver ele em Campo Maior, se pisar lá, se lasca. Um crime desse a gente não perdoa” disse.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário