Op. Captura Integrada termina com 35 pessoas presas em Teresina; alvos eram de facções

Polícia apreendeu uma submetralhadora, colete balístico, um drone e quase R$ 10 mil. Três integrantes do PCC foram presos em flagrante.

23/06/2022 11:55h

Compartilhar no

A Operação Captura Integrada, que foi deflagrada pela Polícia Civil nas primeiras horas da manhã de hoje (23), terminou com 35 pessoas presas em Teresina pelos crimes de homicídio, tráfico de drogas e roubo. Foram cumpridos 32 mandados de prisão e lavrados três autos de prisão em flagrante. A polícia cumpriu também mandados de busca e apreensão na zona Norte de Teresina onde apreendeu uma submetralhadora, um drone, um colete à prova de balas, munições e cerca de R$ 10 mil.

De acordo com o delegado Matheus Zanatta, gerente de polícia especializada do Piauí, os alvos eram faccionados, ou seja, faziam parte de facções criminosas e atuavam reiteradamente cometendo diversos delitos na capital dentre os quais se destacavam os de violência extrema como assassinatos e latrocínios.

“Foram feitas prisões em diversas áreas de Teresina e a única coisa em comum entre todos esses presos é que eles cometem crimes graves, crimes violentos que são homicídios, tráfico e roubo. Temos dois indivíduos presos que são membros do PCC e com eles apreendemos essa submetralhadora que já pode ter sido inclusive usada em homicídios aqui na capital “, explicou o delegado.


O delegado Martheus Zanattta deu mais detalhes da operação - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Os mandados decorrentes das investigações que culminaram na operação Captura Integrada já começaram a ser cumpridos há pelo menos 10 dias. Na última semana, a polícia prendeu em Teresina 18 pessoas acusadas de crimes diversos e mirou na desarticulação de facções criminosas que atuam em áreas consideradas críticas na capital.

Essas prisões, segundo a polícia, já têm se refletido na redução dos índices de criminalidade no Piauí. Os dados da Delegacia Geral de Polícia Civil mostram que março de 2022 terminou com um aumento de 21% nas taxas de mortes violentas em relação ao mesmo período do ano passado, mas que em abril, maio e na primeira quinzena de junho, esse índice já em 2% a 3%.

“Nos reunimos com o comandante geral da Polícia Militar e decidimos focar nos mandados por crimes de roubo e tráfico principalmente nas zonas com criminalidade mais acentuada. Certamente essas ações devem ser o foco e vãos agora intensificar não só em Teresina como também no interior do Estado”, finalizou o delegado-geral Lucci Keikko.


O delegado geral Lucci Keikko comentou os índices da criminalidade no Piauí - Foto: Assis Fernandes/O Dia

A Operação Captura Integrada mobilizou 80 agentes da Polícia Civil e Policia Militar e contou com o apoio da Gerência de Polícia Especializada, Diretoria de Inteligência da Polícia Civil e dos Distritos Policiais da capital.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações de Edna Maciel, da O Dia TV

Deixe seu comentário