Operação Dia de Reis: PM prende acusado de assalto a banco e traficantes em Teresina

Dois deles foram detidos próximo da Nova Ceasa, na Zona Sul de Teresina; Já o outro foi encontrado dentro de um carro na Zona Leste

06/01/2022 17:51h

Compartilhar no

Três homens foram presos na tarde desta quinta-feira (06) durante a ‘Operação Dia de Reis’ deflagrada pela Polícia Militar. Dois deles foram detidos próximo da Nova Ceasa, na Zona Sul de Teresina, e vão responder pelo crime de tráfico de drogas. Já o terceiro homem, segundo a polícia, foi encontrado dentro de um carro na Zona Leste e é foragido do sistema prisional, acusado de assalto a banco no município de Miguel Alves. Eles não tiveram as identidades reveladas. 

(Foto: Jailson Soares/ODIA)

Segundo o major Audivan Nunes, da Força da Tarefa da Polícia Militar, os presos na ação de hoje são de alta periculosidade. A ficha criminal do homem acusado de assalto a banco ainda está sendo levantada para identificar outros crimes cometidos por ele. 

“Nós estamos tirando de circulação esses indivíduos nocivos ao convívio social. São indivíduos de alta periculosidade, um deles é um assaltante de banco que participou de um assalto em Miguel Alves. É possível ainda que ele esteja envolvido com outros assaltos a banco no Estado do Piauí”, ressalta. 

(Foto: Jailson Soares/ODIA)

Ainda segundo o major, no momento da prisão, o rapaz tentou enganar a polícia informando um nome falso. “Ele tentou confundir a equipe passando o nome errado, mas nossa equipe de inteligência conseguiu identificar. Ele tem mandado de prisão em aberto e foi preso com o veículo roubado”, completa. 

(Foto: Jailson Soares/ODIA)

À polícia, o homem relatou que pretendia comprar o veículo, que era roubado, por um valor R$ 5 mil. “Com a inteligência, conseguimos informações que ele se encontrava com esse carro roubado e conseguimos localizar”, informou o coordenador da Força Tarefa, Hilton Barbosa. 

(Foto: Jailson Soares/ODIA)

Em relação aos suspeitos presos na Ceasa, a polícia informou que eles fingiam ser pedintes na região para vender drogas. Os suspeitos foram levados à Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário