Polícia diz que cachorro não foi abandonado e vídeo é antigo

Uma mulher que costumava dar ração aos animais da região era passageira no veículo, o que teria feito o cão seguir o carro.

17/01/2022 12:36h

Compartilhar no

Na manhã desta segunda-feira (17), o titular da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), delegado Emir Maia, afirmou ao O DIA que o cachorro que aparece em vídeo perseguindo carro na chuva já vivia em situação de rua e não foi abandonado pelo motorista do veículo. Segundo ele, uma mulher que costumava dar ração aos animais da região era passageira no veículo, o que teria feito o cão seguir o carro.


Leia mais sobre o caso:
Cachorro que teria sido abandonado é resgatado e irá passar por exame de corpo delito 

“O que ocorreu foi um equívoco por parte de quem filmou, porque a pessoa não ficou atenta para ver se o cão realmente tinha sido abandonado. O vídeo não mostra o cachorro sendo abandonado pela pessoa, mostra apenas o momento em que ele já está seguindo o veículo”, disse o delegado, acrescentando que apesar de ter viralizado neste final de semana, a gravação não é recente.

Foto: Reprodução

O veículo que aparece nas imagens faz corridas por aplicativo. Segundo a polícia, o motorista e a proprietária do veículo não são responsáveis pelo animal. O cão foi resgatado das ruas e encaminhado para um lar temporário, sob os cuidados de um fiel depositário.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário