Preso delegado suspeito de agredir mulher com garrafa em Teresina

O delegado estava desaparecido deste a última segunda-feira (23)

26/12/2019 16:21h - Atualizado em 26/12/2019 16:35h

Compartilhar no

O delegado Anchieta Ponte foi preso na manhã desta quinta-feira (26) depois que foi apontado como suspeito deagredir uma mulher com uma garrafa. O suposto crime teria acontecido no último domingo (22) num bar da zona Sul de Teresina.

A Secretaria de Segurança do Piauí confirmou que o delegado foi preso no final desta manhã depois de ser procurado desde a segunda-feira (23). Ele vai ser ouvido nesta sexta-feira (27) durante audiência de custódia.

“A Delegacia Geral de Polícia Civil esclarece que o Delegado de Polícia Anchieta Pontes se encontra preso desde o final da manhã desta quinta-feira, 26. Amanhã será encaminhado à audiência de Custódia, conforme o rito processual penal”, comunicou a Secretaria de Segurança do Estado sobre a prisão.

Caso é investigado pela delegada Luana Alves, da Delegacia de Feminicídio (Foto: Assis Fernandes / O DIA)

A vítima registrou a agressão no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo ela, Anchieta não aceita o fim do relacionamento de cerca de 4 anos que acabou em setembro desse ano.

A mulher relatou que Anchieta chegou no bar, no qual é proprietária, com comportamento agressivo. Ele quebrou uma garrafa de cerveja e acertou o braço e o rosto da vítima, além de acerta-la com pontapés. A vítima chegou a desmaiar. A investigação é comandada pela delgada Luana Alves, daDelegacia de Feminicídio.

Anchieta Pontes já havia sido preso no mês de novembro também por agressão contra mulher . Ele foi solto depois que pagou fiança. À época, a Secretaria de Segurança informou que abriria um procedimento investigativo na Corregedoria para apurar a conduta do delegado. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Otávio Neto

Deixe seu comentário