Suspeito de assassinar professor em Avelino Lopes é preso em operação no Sul do Piauí

O homem estava escondido na casa de uma tia e foi um dos cinco presos da Operação Sertão Sul

14/05/2021 09:29h

Compartilhar no

Após cumprimento de mandado judicial, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Curimatá, prendeu, temporariamente, um homem identificado apenas pelas iniciais G.P.G. Ele é suspeito de assassinar o professor Alysson Amaury Pereira Granja (32), na cidade de Avelino Lopes, no dia 30 de março deste ano.

(Fotos: Divulgação/Polícia Civil)

O homem estava escondido na casa de uma tia e foi um dos cinco presos da Operação Sertão Sul, que cumpriu mandados de barreiras, abordagens e blitzes nas cidades de Curimatá, Avelino Lopes, Redenção e Parnaguá. A ação foi realizada durante toda a semana pela Delegacia de Curimatá (a 753 km de Teresina) e contou com o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE). 

Ao todo, foram cumpridos sete mandados judiciais, que resultaram na prisão em flagrante de cinco pessoas e uma temporária. O nacional D.S.L. foi preso em uma abordagem de barreira por tráfico, pois a polícia encontrou uma pequena plantação de maconha na cidade de Redenção do Gurgueia. 

Já E.S.S. e N.N.S. foram presos em flagrante por posse de munição durante cumprimento de mandados de busca. O homem identificado pelas iniciais E.G.S. foi preso em flagrante portando um revólver calibre 38 e um colete à prova de balas. Ele é suspeito do homicídio de Antônio Augusto da Silva Júnior, ocorrido em março deste ano, além de outros crimes que estão sendo investigados.

Todos os presos foram conduzidos para a Delegacia de Curimatá, onde foram realizados os procedimentos cabíveis.

Professor é assassinado com cinco tiros

O professor Alysson Amaury Pereira Granja foi assassinado no dia 30 de março deste ano com, pelo menos, cinco tiros em uma rodovia entre as cidades de Avelino Lopes e Morro Cabeça do Tempo, região Sul do Piauí. A Polícia Militar e o Samu foram acionados, mas a vítima faleceu ainda no local.

(Foto: Reprodução/redes sociais/arquivo pessoal)

Amaury Granja era professor da rede pública nos dois municípios. As prefeituras de Avelino Lopes e Morro Cabeça do Tempo chegaram a emitir nota de pesar pelo falecimento do docente.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário