Aeroporto de Teresina tem operação prejudicada por causa de pipas

As pipas podem ser absorvidas pelo motor das aeronaves ou se enroscar na hélice dos helicópteros

14/07/2022 18:04h

Compartilhar no

O Aeroporto de Teresina emitiu um alerta nesta quinta-feira (14/07) para os riscos de pipas nas áreas próximas ao local. A medida foi adotada após a operação de voos ser afetada na capital por conta desse tipo de objeto. Desde março deste ano, o aeroporto acumula três ocorrências que foram registradas nas áreas operacionais e impactaram pousos e decolagens. 

“A companhia solicita o apoio da população de Teresina para que não solte pipas no entorno do aeroporto. Caso alguma pipa venha a cair no interior do sítio aeroportuário, a empresa orienta que as pessoas não tentem entrar na área”, pediu Luís Spanner, responsável pela área de Segurança Operacional da CCR Aeroportos, concessionaria do aeroporto de Teresina.

Foto: Divulgação / CCR Aeroportos 

Ele explica que as pipas podem ser absorvidas pelo motor das aeronaves ou se enroscar na hélice dos helicópteros e danificar esses equipamentos. O risco maior, ele acrescenta, é no momento de pouso e decolagem. A entrada indevida de crianças também é apontada como um risco para o aeroporto.

“A tentativa de entrada em áreas protegidas das pistas dos aeroportos pode gerar uma série de ocorrências, entre elas, incidentes como arremetidas de aeronaves durante processo de pouso e atrasos nas operações de decolagem”, comentou Luís Spanner. A companhia alerta ainda que conforme o Código Penal, Art. 261, expor a perigo aeronave ou praticar qualquer ato que possa impedir ou dificultar a navegação aérea é crime, com pena de dois a cinco anos de prisão.

A CCR Aeroportos contabiliza que desde em março deste ano já foram identificadas 61 ocorrências com pipas nos aeroportos administrados pela operadora. O maior número de ocorrências foi registrado nos aeroportos dos Estados de Minas Gerais (Pampulha), Santa Catarina (Navegantes), Goiás (Goiânia), Piauí (Teresina) e Maranhão (São Luís).

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da CCR Aeroportos

Deixe seu comentário