Aeroporto: festa de aniversário termina em morte

Ainda não há informações sobre a motivação do crime. Testemunhas e familiares serão ouvidos pela polícia

05/04/2022 17:12h - Atualizado em 06/04/2022 09:02h

Compartilhar no

Um homem identificado como Jansen Maciel de Araújo foi morto a tiros na Avenida Centenário, no bairro Aeroporto, na Zona Norte de Teresina, na tarde desta terça-feira (05). O crime aconteceu quando ele comemorava o próprio aniversário.

Ainda não há informações sobre a motivação do crime. Testemunhas e familiares serão ouvidos pela polícia. Jansen foi alvejado várias vezes e morreu antes da chegada do Serviço Móvel de Urgência (Samu).  

Foto: Chico Filho/ODIA 

“Fomos acionados via COPOM com a informação de que um homem havia sido alvejado. Chegando aqui, foi constado o óbito. Vamos ouvir testemunhas e familiares para entender a dinâmica do crime”, informou o sargento Máximo à O Dia TV.

O delegado Bruno Ursulino, do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), disse que as primeiras informações levantadas no local apontam que a vítima não tinha envolvimento com o crime. Segundo ele, imagens de câmeras de segurança estão sendo buscadas para identificar os autores do crime.

“As primeiras informações indicam que a vítima não tinha envolvimento com o crime, mas ainda precisamos analisar todas as nuances desta ocorrência. Precisamos saber se teve algum problema com algum desafeto. Como ainda estão sendo feitos os levantamentos iniciais, a gente prefere colher o máximo de informações para que a gente possa efetuar qualquer juízo de valor", ressalta.

"Até o momento não foi encontrado nada com ele. Estamos levantando câmeras de segurança para levantar as informações no horário que aconteceu o crime para dar conclusão a identificação dos autores. Pela dinâmica, é capaz da vítima ter tentado deixar o local, mas não conseguiu”, finaliza. 

A PM isolou a área até a chegada da Perícia Criminal. O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil vai investigar o caso. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações de Chico Filho e Jailson Soares/ODIA

Deixe seu comentário