Após ataques de hackers, serviços do Detran retornam após 10 dias fora do ar

Segundo ele, os crimes ocorreram na migração para o novo sistema do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam)

21/12/2021 14:56h - Atualizado em 21/12/2021 15:03h

Compartilhar no

O diretor da Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI), Antônio Torres, informou nesta terça-feira (21), em entrevista à O Dia TV, que vários serviços do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran) já estão funcionando normalmente após a série de ataques hackers ocorridos na segunda-feira (20). Segundo ele, os crimes ocorreram na migração para o novo sistema do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

Foto: Detran/PI


“No dia 10 de dezembro nós desligamos o sistema antigo e, nesse período, ficou cinco dias parados por causa da migração para o sistema novo. A gente está falando de uma base de 1,3 milhão de veículos e era importante atualizar. Nessa ocasião, o governo informação da paralisação dos serviços devido à implantação do sistema”, disse.


Torres ressaltou que durante o processo, os criminosos tentaram invadir o sistema na tentativa de roubar dados. Contudo, nenhum dado foi retirado e a Delegacia de Crimes Virtuais está investigando o caso.


“Essa notícia da migração do sistema chegou para população bem como para uma marginal. A gente está lidando com marginais. É muita coincidência os ataques ocorrerem no mesmo período do sistema antigo. A polícia está investigando. Gostaríamos de pedir a população paciência e calma nesse primeiro momento. É um sistema novo, totalmente adaptado e é normal intercorrência porque são vários serviços. Ontem, mesmo no caos, conseguimos atender cerca de 170 pessoas. Neste momento, vários serviços do Detran estão funcionando”, garante.  


É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário