Chesf abre comportas e barreiras são preparadas para impedir avanço do rio Poti

Com isso, a expectativa é de que as águas cheguem na cidade de Teresina já no final da tarde de hoje (30), segundo a SAAD Norte

30/12/2021 15:13h

Compartilhar no

As comportas da barragem de Boa Esperança, localizada em Guadalupe (PI), foram abertas na terça-feira (28). Com isso, a expectativa é de que as águas cheguem na cidade de Teresina já no final da tarde de hoje (30), segundo a Superintendência das Ações Decentralizadas Nortes – SAAD Norte. Barreiras serão implantadas em diversos locais caso ocorra a elevação das águas do Rio Poti e Parnaíba.

Segundo a superintendência, os pontos mais críticos ficam localizados na região do bairro Poti Velho e ao longo da Avenida Boa Esperança. Desde a quarta-feira (29), homens da SAAD Norte trabalham na aquisição de sacos plásticos, areia e massará, que posteriormente serão colocados dentro dos sacos e dispostos no trecho em que ficará montada a barreira.

Foto: Divulgação/


“Nossa meta é ter cinco mil sacos de areia prontos para serem montadas essas barreiras de contenção, caso haja um aumento significativo no nível das águas dos rios. O ponto mais baixo fica na região do restaurante Pesqueirinho, mas temos também dezenas de casas ao longo da Avenida Boa Esperança que estão suscetíveis”, destacou a superintendente executiva da SAAD Norte, Luana Barradas.


Técnicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (SEMDUH) estão monitorando a situação dos rios.

“A informação que nós temos é de que o nível do rio deve começar a subir já na tarde desta quinta-feira. Temos homens de plantão e já solicitamos toda estrutura necessária para dar o suporte para famílias. Esperamos não ter problemas. Além disso, nossa Estação de Bombeamento de águas pluviais segue funcionando plenamente. Temos um engenheiro elétrico também acompanhando a situação do maquinário”, afirmou.

Estação de bombeamento da Avenida Boa Esperança tem papel fundamental no sistema de drenagem da região Norte

“Estamos acompanhando com atenção toda essa dinâmica do período chuvoso, principalmente os impactos que recaem na zona Norte de Teresina. Já realizamos a limpeza do espaço e estamos monitorando o aumento das águas. Temos oito bombas operando e caso seja necessário teremos mais quatro. No total são 12 bombas e todas estão operando normalmente”, garantiu Luana Barradas.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário