Escolas municipais não vão exigir passaporte de vacinação de crianças

Aulas da rede municipal de ensino irão retornar no dia 07 de fevereiro.

24/01/2022 12:31h - Atualizado em 24/01/2022 12:54h

Compartilhar no

O início do ano letivo de 2022 da rede municipal de ensino de Teresina já tem data marcada. Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Semec), as aulas irão retornar no próximo dia 07 de fevereiro em formato híbrido. Ainda de acordo com a secretaria, neste primeiro momento, não será exigido passaporte de vacinação para que as crianças tenham acesso às escolas. 


Leia também: Covid: Sinepe orienta que escolas particulares isolem infectados e não suspendam aulas 

Foto: Divulgação/Semec

A vacinação contra covid-19 no Brasil contempla apenas crianças a partir dos cinco anos de idade, e, como muitos dos alunos ainda não estão em idade de imunização, não será necessário comprovar que os estudantes tomaram as doses da vacina. 

“Vamos monitorar os estudantes e, se solicitado dos órgãos competentes, teremos todas as informações para serem fornecidas. E à medida que a vacinação das crianças for evoluindo, baseado nesse monitoramento, nós teremos condições de assim também evoluir para o retorno cada vez mais presencial e assim voltar a uma certa normalidade”, afirma Kleytton dos Santos, secretário executivo de Ensino da Semec.

Foto: Assis Fernandes/O Dia

Mesmo sem o passaporte de vacinação, a Semec reiterou que irá seguir todas as recomendações sanitárias contra a disseminação da covid-19, como o uso de máscara, álcool em gel e higienização dos espaços. Além disso, os alunos do ensino infantil e fundamental serão divididos em dois grupos, em sistema de rodízio.

"Dessa forma, garantimos medidas de segurança, como distanciamento e monitoramento dos alunos em sala de aula. Como as crianças de cinco a onze anos de idade começaram agora a serem vacinadas entendemos que ainda é cedo para um retorno 100% presencial”, explica o secretário executivo.

Já na Educação de Jovens e Adultos (EJA), as aulas serão 100% em formato presencial, uma vez que a faixa etária desse público foi contemplada com as políticas de imunização da Covid-19 e que o quantitativo de estudantes por turma permite o distanciamento social, conforme orienta os Protocolos Gerais de Recomendações Higienicossanitárias.

Desabrigados deixarão escolas

Sobre as escolas municipais que estão servindo de abrigo temporário para famílias que perderam suas casas em virtude das chuvas em Teresina, o secretário executivo de Ensino garante que elas serão desocupadas até o final de janeiro e assim viabilizar o início das aulas. Contudo, a Semec não informou para onde as famílias serão realocadas.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Com informações da Semec.

Deixe seu comentário