Halo solar em Teresina: entenda o fenômeno

Fenômeno ocorre a partir do reflexo da luz em cristais de gelo, em altitudes acima de 12 quilômetros; veja fotos

28/12/2021 11:18h - Atualizado em 28/12/2021 11:49h

Compartilhar no

Teresinenses puderam observar um halo solar na manhã desta terça-feira (28). O fenômeno é visto como um grande “arco-íris” formando um círculo em volta do sol.

Halo solar -- fenômeno no céu de Teresina. Foto: Assis Fernandes/ODIA 

De acordo com o climatologista Werton Costa, da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), conta que o fenômeno ocorre a partir do reflexo da luz em cristais de gelo, em altitudes acima de 12 quilômetros.

Foto: Assis Fernandes/ODIA 

O halo solar é comum, mas muitas das vezes não pode ser visto devido à claridade do dia. Além disso, é um importante indicativo de chuva.


 “É um fenômeno atmosférico resultante da passagem da luz sobre minúsculos cristais de gelo presentes em nuvens especiais, as chamadas nuvens cirros. Essas nuvens são altas e, quando atravessadas pela luz solar, elas fazem o fracionamento da luz, produzindo um efeito muito semelhante ao do arco-íris – só que no formato circular. A presença de nuvens cirrus e a presença do halo solar é um indicativo muito importante de chuva. Significa que há um transporte muito vigoroso de umidade nos limites da atmosfera, a parte mais alta do céu”, informa.

Foto: Assis Fernandes/ODIA 


É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário