Moradores do Torquato Neto protestam por isenção de prestações e IPTU

O vice-presidente da associação de moradores do bairro, Roriz de Paulo, disse ao PortalODIA.com que uma ação beneficiou, recentemente, seis quadras do bairro com suspensão dessas cobranças

25/01/2022 16:34h - Atualizado em 25/01/2022 16:45h

Compartilhar no

Moradores do bairro Torquato Neto fizeram um protesto em frente à sede da Justiça Federal, na Avenida Miguel Rosa, na Zona Sul de Teresina, na manhã desta terça-feira (25), para pedir celeridade em uma ação que pede a isenção de valores do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e da Taxa de Coleta, além da suspensão das prestações mensais das resistências onde moram.

O vice-presidente da associação de moradores do bairro, Roriz de Paulo, disse ao PortalODIA.com que uma ação beneficiou, recentemente, seis quadras do bairro com suspensão dessas cobranças. Durante a manifestação, o grupo, que segurava cartazes, cobrou que os benefícios fossem estendidos para os demais moradores.

Foto: Reprodução/Redes Sociais 


“A gente se sentiu lesado, pois não fomos agraciados. Só tiveram esse benefício quem procurou o PROCON em um processo individual. Dessa vez, junto com os moradores, entramos com uma ação coletiva para que o Torquato Neto 3 e 4 fossem agraciados porque passamos pelas mesmas dificuldades que todos eles. Fomos informados ainda que só teremos esse direito quando as autoridades competentes fizerem a galeria do bairro. Já passou por todas as ensaísticas e agora o processou caiu no colo da 5ª vara da Justiça Federal”, informou.


Ainda segundo Roriz, o processo corre desde outubro do ano passado, mas até então os moradores não tinham recebido repostas sobre o caso. “A manifestação teve efeito porque a assistente jurídica conversou com a gente, explicou que tem um prazo até o dia 28 deste mês para que as partes responderam uma petição, que ela não deu detalhes, mas que falta um posicionamento da Caixa Econômica Federal para concluir o processo”, disse.

Foto: Reprodução/Redes Socias 

O Torquato Neto é um dos bairros de Teresina que mais sofre com o escoamento de água por causa de problemas na drenagem. Para Roriz, a construção da galeria deve beneficiar centenas de famílias que vem sofrendo com as consequências das chuvas, sobretudo no início do ano.

“Sobre as casas no Torquato Neto, existem vários tipos de financiamento. Existem as casas do programa ‘Minha Casa Minha Vida’ e outras financiadas. Quando chove, não temos condições de sair de casa, solicitar uma ambulância e até ligar para a polícia. O bairro fica ilhado, sem os moradores terem como sair e entrar”, finaliza.

O PortalODia.com procurou a Justiça Federal para comentar o caso, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário