Mulher ateia fogo em ex-marido no bairro Satélite e afirma ter agido em legítima defesa

Segundo a acusada, o ex-companheiro não aceitava o fim do relacionamento a agredia constantemente

30/09/2022 17:16h

Compartilhar no

Uma mulher que não teve o nome revelado foi presa, na tarde desta sexta-feira (30), acusada de atear fogo em seu ex-marido no bairro Satélite, zona Leste de Teresina. A acusada relatou que agiu em legítima defesa, uma vez que seu ex-companheiro, segundo ela, a agredia constantemente. “Já tem quatro meses que não convivo com ele, na última violência, tomaram meus filhos. Ele não aceita o fim do relacionamento, já me bateu com um pau e eu desmaiei e fui parar na UPA”, conta a mulher.

(Foto: Jailson Soares/ODIA)

De acordo com a mulher, ela estava cozinha em um fogão a lenha quando foi surpreendida pelo ex-companheiro. “Ele chegou lá e eu estava no fogão com uma panela. Ele ia me bater”, disse. 

A família da vítima, no entanto, relata outra história. “Segundo os familiares do ex-marido, ela jogou álcool e tocou fogo. A família disse que sofre agressões e ameaças por parte dela, que é usuária de drogas”, explica o Capitão Oziel, do 5º Batalhão de Polícia Militar.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram que a situação do ex-marido da acusada, identificado como Leomar Vieira dos Santos, é grave. 

(Foto: Reprodução/Whatsapp)

Ainda de acordo com o Capitão Oziel, o inquérito irá dizer quem está com a razão. “Cada um dia uma coisa, mas a gente não emite juízo de valor da ocorrência. Nós encaminhamos os fatos à Central e o delegado vai realizar o inquérito e o levantamento da motivação do crime”, acrescenta. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário