Sargento da PM é preso suspeito de tentar matar ex-mulher no Mocambinho

O suspeito, identificado como Pedro José de Oliveira, fugiu do local em um veículo branco

26/01/2022 11:22h - Atualizado em 26/01/2022 13:27h

Compartilhar no

Atualização às 13h17

A Polícia Militar do Piauí emitiu nota sobre a prisão do sargento Pedro José de Oliveira, suspeito de tentativa de feminicídio contra a ex-mulher Marilene Pereira da Rocha Oliveira na manhã desta quarta-feira (26). Ele, que é policial militar da reserva, foi conduzido à Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis e será conduzido ao presídio militar onde ficará à disposição da justiça. 

Confira a nota da PM na íntegra:

A Polícia Militar do Piauí informa que sobre o ocorrido nessa manhã do dia 26 de janeiro, em frente a Lagoa do Mocambinho, onde foi verificado tentativa de feminicídio, em cuja ocorrência figura o envolvimento de um policial militar da reserva remunerada do Piauí, como acusado, que foi preso por uma guarnição da PMPI; que a vítima foi socorrida e se encontra recebendo tratamento médico no HUT; que se trata de crime comum, e o acusado foi conduzido à Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis junto à Polícia Judiciária, e logo em seguida será conduzido para o presídio militar, onde permanecerá à disposição da justiça.

Atualização às 11h50

Pedro José de Oliveira, suspeito de tentar matar Marilene Pereira da Rocha Oliveira, de 59 anos, no bairro Mocambinho, nesta quarta-feira (26), foi preso poucas horas após o crime. Ele foi levado à Central de Flagrantes de Teresina para os procedimentos cabíveis. 

Pedro José de Oliveira, suspeito de tentar matar Marilene Pereira da Rocha Oliveira (Foto: reprodução/redes sociais)


Uma mulher identificada como Marilene Pereira da Rocha Oliveira, de 59 anos, sofreu uma tentativa de feminicídio no bairro Mocambinho, na Zona Norte de Teresina, na manhã desta quarta-feira (26). Ela estava andando de bicicleta quando um homem parou um carro e efetuou três disparos de armas de fogo. O suspeito do crime é o ex-marido dela, um sargento reformado da Policial Militar do Estado do Piauí.

Foto: Reprodução/Redes Sociais 

Após os disparos, Marilene ficou caída no chão. O suspeito, identificado como Pedro José de Oliveira, fugiu do local e ainda não foi localizado. 

“Deslocamos uma equipe para o local, a vítima foi socorrida com vida e encaminhada para o hospital”, informou a delegada Nayanna Paz.

Testemunhas que estavam no local informaram que os tiros atingiram a região dos braços, costas e outro passou de raspão na região da cabeça. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e fez os primeiros atendimentos e encaminhou a vítima para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). 

Ainda de acordo com informações colhidas no local, o casal tem cinco filhos e estavam separados há pelo menos 15 anos. A vítima teria relatado à polícia perseguição e que já havia solicitado medida protetiva contra o suspeito.

A Polícia Civil vai investigar o caso. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário