Piçarra: buraco em passarela sobre córrego coloca moradores em risco

Durante o período chuvoso a situação torna-se ainda mais crítica, já que o volume e a força das águas aumentam

28/12/2021 12:11h

Compartilhar no

O descaso com um córrego na zona Sul de Teresina chama a atenção de moradores, comerciantes e de quem transita pelo local. Localizado entre a Rua Arlindo Nogueira e a Avenida Miguel Rosa, na Piçarra, o local possui uma passarela, que está completamente destruída, além de muito lixo em volta. 

(Fotos: Assis Fernandes/ODIA)

Os comerciantes e moradores reclamam do descaso e do perigo que o córrego apresenta, já que é aberto. E durante o período chuvoso a situação torna-se ainda mais crítica, já que o volume e a força das águas aumentam. 

O momento mais complicado é quando chove, porque a correnteza é muito forte e o grotão fica praticamente coberto. Para piorar, as pessoas ainda jogam lixo ao lado, então a água desvia e não entra na galeria”, conta o mecânico Francisco das Chagas Nascimento (24).

Ainda segundo ele, a estrutura da passarela que passa sob o córrego está completamente danificada, impedindo que as pessoas utilizem devido ao enorme buraco. Para Francisco das Chagas, o ideal seria que o local fosse coberto, evitando que lixo caísse no local e até prevenindo contra acidentes.

“Eu nunca vi ninguém caindo, mas é perigoso. Se cobrisse, seria muito mais seguro, até para evitar que futuramente alguém caia e se machuque”, disse, acrescentando que a praça deveria ser revitalizada. 

A moradora Maria Tereza Sousa também comenta sobre a necessidade de cobrir o córrego, especialmente para evitar doenças. “Essa galeria aberta dá muito bicho. Acho que se fechasse seria mais seguro, teria menos lixo e menos bichos, como baratas e ratos”, pontua.

Contraponto

Por meio de nota, a Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas Sul (SAAD Sul), através da sua Gerência de Obras e Serviços, tomou ciência da situação e irá encaminhar uma equipe técnica para uma vistoria in loco, após isso serão traçadas medidas a fim de solucionar a problemática. A Superintendência enfatizou que se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos acerca das decisões tomadas sobre esse assunto.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário