Teresina tem 2,5 mil pessoas desabrigadas por causa das chuvas, diz Defesa Civil

Parte das famílias seguem em abrigos na Zona Norte de Teresina

15/02/2022 11:59h - Atualizado em 15/02/2022 12:10h

Compartilhar no

O secretário da Defesa Civil de Teresina, Carlos Ribeiro, disse em entrevista nesta terça-feira (15) que a capital tem hoje 2500 pessoas desabrigadas por causa das chuvas, o que corresponde a 621 famílias.  

Segundo ele, esse número aumentou após o temporal que atingiu a cidade no último dia 05 de janeiro, que alagou ruas e arrastou carros. A professora Wana Sara Cavalcante Henrique, de 39 anos, morreu após ter o veículo em que conduzia arrastado pela enxurrada.

Secretário da Defesa Civil de Teresina, Carlos Ribeiro. Foto: Tarcio Cruz

“621 famílias desabrigadas em Teresina. Esse número estava estável, mas aumentou na sexta-feira passada por causa daquela chuva de 104 milímetros que caiu na Capital. Agora são 2500 pessoas desabrigadas em Teresina. Se as chuvas continuarem fortes, pode aumentar esse número, caso contrário, a tendência é manter ou diminuir. A previsão de chuva é até maio e ainda estamos em fevereiro”, disse.

Famílias continuam em escolas na zona Norte

Dezenas de famílias ainda vão continuar sendo assistidas pela prefeitura em escolas da zona Norte, segundo o gestor. A previsão é que elas deixem o local após o período chuvoso.

“Todos os órgãos da prefeitura estão unidos para dar a melhor condição de vida às famílias durante o período chuvoso. A previsão é que as famílias fiquem nesses locais de maio para junho e depois deverão voltar para casa com segurança. Algumas casas serão reparadas. Tudo depende do tempo e ele é inimigo”, finaliza. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário