Trecho da Avenida Centenário é interditado para obra de saneamento

Interdição se dá entre as Ruas Guaporé e Roraima e vai durar pelos próximos 15 dias. Motoristas devem ficar atentos à sinalização e aos desvios.

26/07/2022 09:52h - Atualizado em 26/07/2022 10:14h

Compartilhar no

O trecho da Avenida Centenário entre as ruas Guaporé e Roraima foi interditado a partir desta terça-feira (26) para realização de uma obra de esgotamento sanitário pela Águas de Teresina. Por conta das equipes trabalhando na pista e da instalação de manilhas para melhorar o escoamento do esgoto na área, o trânsito na região ficará impedido e os motoristas devem ficar atentos para os desvios.

A interdição deverá durar pelos próximos 15 dias. Para quem segue no sentido zona Norte pela Avenida Centenário, a principal opção de desvio é pela Rua Guaporé. Para quem segue no sentido Norte-Sul, a rota de desvio pode ser feita pela Rua Roraima, próximo ao balão do Aeroporto de Teresina. 

Fotos: Assis Fernandes/O Dia


Esta obra na Avenida Centenário faz parte do calendário de ampliação da rede de esgoto que a Águas de Teresina vem executando para atingir a meta de universalizar a cobertura de esgotamento sanitário na cidade. Até o momento, a capital tem 42,6% de esgotamento sanitário tratado, até 2024 essa cobertura deve chegar a 59% e até as 2033, a cobertura deve ser levada a toda a cidade.

“Estamos mobilizando em torno de 22 trabalhadores para dar celeridade ao serviço. Toda obra de saneamento, a despeito dos transtornos, vem para trazer maior qualidade de vida para a população. Ela diminui a quantidade de água servida na rua, diminui doenças de veiculação hídrica, ela promove saúde e valorização imobiliária”, explica o gerente de engenharia da Águas de Teresina, Danilo Almeida.


O engenheiro Danilo Almeida explica em que consiste a obra  - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Ele pede cuidado e atenção por parte dos motoristas que passarem pela Avenida Centenário pelas próximas duas semanas para que a obra ocorra com segurança e sem maiores transtornos.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário