Nazária

Nazária: Sob forte comoção, criança e adolescentes que morreram afogadas são enterradas

As três vítimas, que são da mesma família, foram enterradas lado a lado.

30/08/2022 10:30h - Atualizado em 30/08/2022 12:54h

Compartilhar no

A população de Nazária parou na manhã desta terça-feira (30) para acompanhar o sepultamento de três das 8cinco crianças da mesma família que morreram afogadas no último domingo (28) no município. Sob forte comoção, familiares, amigos e populares estiveram presentes no enterro de José da Cruz Alves (16), Marcos Vinícius Sales Santos (08) e Vitória Emanuelle Sales Santos (13). Os corpos foram enterrados no Cemitério Municipal de Nazária.


Leia também: 

Tragédia em Nazária: mais dois corpos são encontrados pelo Corpo de Bombeiros 


(Foto: Maria Clara Estrêla/ODIA)

Muito abalados, os familiares das vítimas foram amparados por parentes e amigos. Os três estão sendo sepultados lado a lado. Colegas de escola e professores também acompanharam a cerimônia. Francisco Orismar da Silva Araújo, diretor da escola onde três das cinco vítimas estudavam, compareceu ao enterro e falou da falta que as crianças farão. Ele comenta que todos na escola estão muito abalados com as mortes.


Leia também:

“Não acredito que perdi minhas duas netinhas”, diz avô de crianças desaparecidas
Mães pularam no rio para tentarem salvar filhos e foram resgatadas por pescador


“Encontrar as duas vítimas que restavam fica uma sensação de alívio, mas nada que amenize o tamanho da dor. Na escola, a gente vai discutir, junto com a equipe escolar, a melhor forma da gente voltar, dar suporte ao alunado e aos professores. Nesse momento estamos preocupados em sepultar os corpos, e finalizar esse trâmite do sepultamento”, comentou.

(Foto: Maria Clara Estrêla/ODIA)

Francisco Orismar acrescentou que guarda boas lembranças das crianças e cita que, como pai, consegue sentir a dor que os familiares das vítimas estão passando neste momento. “Fica uma sensação de muita angústia e muita saudade, lembranças boas. Eram cinco jovens, dentre os cinco, três eram nossos alunos, e estamos sem palavras. É uma angústia coletiva. Todos os nazarienses e o Piauí fez essa comparação e se coloca no lugar das famílias, se sensibiliza pelo fato de ser criança. É uma dor muito grande para o nosso município”, lamentou.

Emocionada, Ilizângela Alves, tia das crianças, falou da dor que a família está sentindo com a morte precoce das vítimas, todos primos. “Eram crianças muito boas. De domingo para cá eu não estava nem acreditando. [Eram] todos da minha família, todos os meus parentes. É triste demais”, disse.

(Foto: Maria Clara Estrêla/ODIA)

Prefeitura doou urnas funerárias para a família

A Prefeitura de Nazária informou que ofertou urnas funerárias para a família das três crianças sepultadas nesta terça-feira (30). Não foi informado à esta reportagem se serão oferecidas urnas também para as outras duas vítimas: Ana Ketlelly da Conceição Silva (11), que foi encontrada hoje e Eduarda Kemylly da Conceição Silva (09), que continua desaparecida.


(Fotos: Assis Fernandes/ODIA)

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no