Parnaí­ba

Parnaíba: cliente exige que hambúrguer não seja feito por cozinheira “negra e lésbica”

Caso de racismo e homofobia está sendo acompanhado pela OAB de Parnaíba

16/03/2022 12:09h - Atualizado em 16/03/2022 13:32h

Compartilhar no

Um caso de preconceito racial e homofobia está causando polêmica em Parnaíba, no litoral do Estado. Um cliente da hamburgueria “Alien's Burguer”, enviou uma mensagem no whatsapp de atendimento dos pedidos do estabelecimento, pedindo para que o hambúrguer dele não fosse feito por uma cozinheira “negra e lésbica”. Nas mensagens enviadas, ele diz que a funcionária “não é do meu agrado”.


Joelma Figuereido (Foto: Reprodução/Instagram)

Nas mensagens, ele diz que havia comido no estabelecimento dias antes ao ocorrido e pergunta se o pedido poderia ser feito por outra pessoa, porque quando esteve no estabelecimento o lanche foi feito por uma pessoa que não seria do agrado dele.

A atendente do local rebate o cliente e diz:

“tipos de clientes como você, não fazemos a mínima questão em nossoestabelecimento. Que o senhor fique sabendo que a “negra e lésbica” é a melhorchapeira da cidade. Pessoas preconceituosas como você não queremos aqui”.


Ele continuou: 

“Eu sei, mas sou cliente e devo dar minha opinião e sou sim preconceituoso e racista. E acho que vcs não devem botar esse tipo de gente pra trabalhar”. 



Prints revelam mensagens de cunho racista e preconceituoso (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

O Portal O Dia entrou em contato com a funcionária do estabelecimento, vítima dos insultos racistas e homofóbicos, Joelma Figueiredo. Ela afirma que vai levar o caso para a polícia, mas teme que o caso não tenha solução.


Leia também: Estudante diz ter sido acusada de roubo e vítima de injúria racial em farmácia de Teresina 

“Se for uma pessoa bem na sociedade, será que vai dar alguma coisa? Será que não vão passar o pano. Já chegaram a dizer que tudo é jogada minha de marketing, e que eu fui paga pelo meu chefe para fazer esse tipo de denúncia. Tenho prazo de três dias para denunciar. Amanhã, dia 17, é a última chance de fazer a denúncia. Vou fazer, mas confesso que estou com medo de denunciar e não dar em nada”, desabafou Joelma, ainda transtornada com a situação.


(Foto: Arquivo Pessoal/Joelma Figueiredo)

A OAB Subsecional de Parnaíba entrou no caso e deve acompanhar a vítima na denúncia. Em uma nota de repúdio divulgada pela presidência da entidade, a Ordem ressalta que a Lesbofobia e Racismo são condutas tipificadas como crime em nosso ordenamento jurídico. E que atitudes dessa natureza são completamente incompatíveis, e absolutamente inaceitáveis no seio de nossa sociedade.


Confira a íntegra da nota da OAB:

NOTA DE REPÚDIO

A Ordem dos Advogados do Brasil - Subseção de Parnaíba, por meio da Subcomissão da Diversidade Sexual e de Gênero e da Subcomissão da Mulher Advogada, vem a público, externar total repúdio ao fato ocorrido no último sábado (12/03) contra Joelma Figueiredo funcionária da hamburgueria “Alien's Burguer” em nossa cidade, que fora vítima de Lesbofobia e Racismo enquanto estava exercendo o seu labor.

É válido ressaltar que a Lesbofobia e Racismo são condutas tipificadas como crime em nosso ordenamento jurídico e como tal serão tratadas. Todavia é importante frisar que, atitudes dessa natureza são completamente incompatíveis, e absolutamente inaceitáveis no seio de nossa sociedade, que deve prezar pela diversidade, pela democracia, pela justiça e a convivência respeitosa entre todos.

Deixamos nosso total apoio e solidariedade à Sra. Joelma Figueiredo e a todos que fazem parte da empresa Alien's Burguer, ao passo que nos colocamos sempre à disposição para o que se fizer necessário. Por ora, reforçamos nossa manifestação contra atos preconceituosos de qualquer natureza e, deixamos claro que serão tomadas todas providências legais cabíveis, punindo de forma justa e necessária, o autor dessa atitude.

A Subcomissão da Diversidade Sexual e de Gênero, a Subcomissão da Mulher Advogada e a OAB Subseção de Parnaíba diz NÃO A LESBOFOBIA E AO RACISMO.

Parnaíba, 13 de março de 2022.

Rômulo Silva Santos Presidente OAB – Subseção de Parnaíba

Mayara Borges Portela Presidente Subcomissão da Diversidade Sexual e de Gênero

Brunna Vasconcelos Aragão Presidente Subcomissão da Mulher Advogada

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário