COVID-19: Em alerta, HGV tem funcionários positivados e reduz acompanhantes

Redução na quantidade de acompanhantes e testagem de pacientes que dão entrada no hospital estão entre as normas

14/06/2022 13:58h - Atualizado em 14/06/2022 16:23h

Compartilhar no

O Hospital Getúlio Vargas adotou nesta terça-feira (14/06) uma série de medidas de segurança contra a Covid-19 após a unidade de saúde entrar em alerta devido ao aumento de casos da doença. Redução na quantidade de acompanhantes e testagem de pacientes que dão entrada no hospital estão entre as normas adotadas pela direção. Em abril deste ano, o hospital havia anunciado que tinha zerado o número de internações por Covid desde o início da pandemia

De acordo com o diretor-geral do HGV, Osvaldo Mendes, o HGV está em alerta depois que vários funcionários testaram positivo para a Covid-19. As medidas foram deliberadas por diretores, médicos, enfermeiros e profissionais das demais áreas têm como objetivo garantir que a situação não saia do controle.

Foto: Divulgação / Sesapi

“Estamos controlando a entrada de pacientes e reduzindo o número de visitantes; fazendo a testagem rigorosa dos pacientes; solicitando a outras unidades que os pacientes encaminhados já venham testados. As mesmas medidas, estamos adotando no Ambulatório Governador Dirceu Mendes Arcoverde (Ambulatório Azul)”, pontuou. 

Osvaldo Mendes afirmou ainda que estão sendo intensificados os protocolos de segurança como uso de máscaras e álcool em gel. “Neste momento, pedimos a compreensão de todos para que essas ações sejam adotadas como forma de proteger nossos pacientes internados e funcionários”, disse o gestor.

Obrigatoriedade da máscara

O Comitê de Operações Especiais (COE) do Piauí aprovou durante reunião nessa segunda-feira (13/06) a recomendação para obrigatoriedade do uso de máscara em ambientes fechados de todo o estado . A governadora Regina Sousa deverá assinar decreto com a medida até o final do dia de hoje. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da Sesapi

Deixe seu comentário