Rio São Francisco pode chegar ao Piauí; Bolsonaro anuncia estudo de viabilidade

Estudo deverá ser realizado pela Universidade Federal de Viçosa.

21/06/2022 16:11h

Compartilhar no

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou, nesta terça-feira (21), a ordem de serviço que autoriza estudos de viabilidade para a transposição do Rio São Francisco para o Piauí. Os estudos, sob responsabilidade da Universidade Federal de Viçosa, devem indicar o ponto para captação das águas do rio e definir a logística para a transposição do São Francisco ao Piauí.


Leia também: Ciro Nogueira diz que "até as convenções Bolsonaro ultrapassa o Lula" 

Segundo Bolsonaro, a obra deve beneficiar a população piauiense mais atingida pela falta d'água. "Quero parabenizar todos vocês do Piauí por esse momento, por essa ordem de serviço, onde começa realmente o estudo para viabilizar a transposição do São Francisco para as regiões mais afetadas pela falta d'água no Piauí. Isso é progresso, é tranquilidade, é paz, e, acima de tudo, é algo humanitário para com a população do interior do nosso Nordeste", afirmou o presidente.

Foto: Divulgação

A medida foi assinada na presença do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP), e do senador Élmano Férrer (PP). O ministro destacou que o ato significa um momento histórico para o Piauí e é "um sonho que está começando a ser realizado".

"Queremos agradecer esse ato de grandeza que o senhor está tendo com o estado do Piauí. Hoje é um dia histórico, um sonho está iniciando a ser realizado. Graças a esse ato iniciaremos estudos para realizar o sonho da transposição das águas do São Francisco para o Piauí. Pode ter certeza que esse ato representa a redenção de uma das regiões mais carentes de água de todo o país, o que poderá ser a transformação para o progresso de uma região, que pode trazer muito para o país", destacou Ciro Nogueira.

De acordo com o Governo Federal, a transposição das águas do Rio São Francisco para o Piauí deve beneficiar cerca de 1 milhão de pessoas em 89 municípios piauienses.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário