Teresina: Hospital Natan Portela vai abrir leitos exclusivos para pacientes com Covid

Decisão vem após o aumento de casos com o surgimento de novas subvariantes da ômicron; a BQ1 e BQ1.1.

02/12/2022 12:04h

Compartilhar no

O Centro de Operações Emergenciais (COE) do Estado realizou uma reunião na manhã desta sexta-feira (2), para atualizar os dados da pandemia no Piauí. E no encontro, ficou definido a abertura de 30 leitos exclusivos, entre clínicos e UTI’s no Hospital Natan Portela, para atendimento de pacientes positivos para Covid-19. Os casos da doença voltaram a registrar aumento de casos com o surgimento de novas subvariantes da ômicron; a BQ1 e BQ1.1.


Leia também: Teresina direciona 20 leitos exclusivos para Covid devido aumento de casos 

“É uma decisão que visa garantir assistência aos piauienses que por ventura necessitem de atendimento especializado”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Neris Junior. A Sesapi deve distribuir nos próximos dias 100 mil testes rápidos de antígeno para detecção de covid-19 para as secretarias municipais e hospitais da rede estadual como forma de garantir apoio para que as cidades tenham estruturas para testagem e atendimento ambulatorial de pacientes com síndromes gripais.

(Foto: Arquivo/ODIA)

Retorno do uso obrigatório de máscaras

Na última segunda-feira (28), o Governo do Estado publicou decreto determinando o uso obrigatório de máscaras em ambientes fechados, públicos ou privados para conter o avanço da Covid-19 no estado . Não houve alteração no decreto em vigor. Permanece facultativo o uso de máscaras em espaços abertos e semiabertos, com exceção de idosos e imunossuprimidos, para os quais o uso de máscaras permanece obrigatório em qualquer espaço. 

No entanto, foi deliberado na reunião o indicativo de que os servidores em geral devam fazer o uso de máscara em qualquer ambiente que tenha atendimento ao público. De acordo com Neris Junior, as medidas adotadas visam reduzir o avanço da Covid-19 no Estado. “Essas ações, que poderão ser juntadas a outras a depender da evolução da pandemia, são importantes para que a população esteja melhor protegida”, afirma.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da Sesapi