Acusado de matar pai e filho em Bom Princípio é condenado a 40 anos de prisão

O conselho de sentença do Tribunal Popular do Júri acatou a tese da promotoria de homicídio duplamente qualificado

29/03/2022 15:48h - Atualizado em 29/03/2022 16:02h

Compartilhar no

José Carlos da Silva, acusado de assassinar pai e filho por conta de uma briga motivada por uma vaca, no município de Bom Princípio, no Norte do Piauí, em 2019, foi condenado a 40 anos de prisão e mais 1 ano por porte irregular de arma de fogo.


Leia tambémJovem é assassinado e mãe é baleada ao tentar salvar o filho em Campo Maior 


Segundo a denúncia apresentada pelo Ministério Público, o acusado travou discussão com Leôncio Alves da Silva, de 73 anos, e efetuou disparos contra o idoso. O filho, Antônio Francisco de Sousa Silva, de 37 anos, ao presenciar o pai sendo assassinado, tentou intervir e acabou sendo atingido.

Foto: Divulgação / MPPI

O conselho de sentença do Tribunal Popular do Júri acatou a tese da promotora Francineide de Sousa Silva de homicídio duplamente qualificado, pelo motivo fútil e por meio que impossibilitou a defesa da vítima.

“(O MPPI) não recorrerá da sentença por entender que a dosimetria da pena aplicada foi suficiente para fins de reprimenda nos termos legais em razão dos ilícitos perpetrados por José Carlos da Silva”, explicou a Promotora de Justiça Francineide de Sousa Silva.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações do MPPI

Deixe seu comentário