Líder de facção é baleado ao resistir a prisão em Teresina

o foragido deu entrada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e foi submetido aos procedimentos médicos

21/04/2022 14:47h - Atualizado em 21/04/2022 15:15h

Compartilhar no

Um homem identificado como Adriano de Sousa Moura, foragido do sistema penitenciário do Piauí e considerado líder de uma facção criminosa em Teresina, foi baleado no braço ao reagir a prisão nessa quarta-feira (20/04) no bairro Santa Bárbara, na zona Leste de Teresina. Ele foi alvo de uma operação da Força Tarefa da Secretaria de Segurança para o cumprimento de mandato de prisão. 

Leia tambémCarro é atingido com vários disparos de arma de fogo no bairro Morada Nova 

Durante a ação policial, Adriano Moura chegou a resistir a prisão e entrou em luta corporal com um dos policiais. “No momento da prisão o indivíduo travou luta corporal com um dos policiais, sendo necessário imobilizá-lo com um disparo de arma de fogo no braço. Imediatamente socorrido”, disse o major Audivam Nunes, coordenador da Força Tarefa. 

Foto: Divulgação / Força Tarefa 

O Portal O Dia apurou que o foragido deu entrada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT)  e foi submetido aos procedimentos médicos. Logo depois, ele foi levado para o sistema prisional do estado. 

O preso 

Adriano Moura é condenado a 17 anos de prisão e fugiu da Penitenciária José Ribamar Leite no início do mês durante juntamente com outros nove detentos. Segundo a polícia, Indivíduo perigoso, líder de facção criminosa, com mais de 10 passagens pelas Delegacias da Capital pela prática de diversos crimes, agia com extrema violência.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário