Parente de criança assassinada tenta invadir ala onde suspeito estava internado no HUT

O homem tinha como objetivo chegar ao posto onde estava internado o suspeito de ter participado do assalto.

16/11/2022 09:02h - Atualizado em 16/11/2022 09:18h

Compartilhar no

Um parente da criança assassinada em um assalto no bairro Ilhotas tentou invadir a ala de internação do Hospital de Urgências de Teresina (HUT) na última segunda-feira (14). Segundo o hospital, o homem tinha como objetivo chegar ao posto onde estava internado o suspeito de ter participado do assalto.

Foto: Arquivo O Dia

De acordo com o HUT, o homem acessou o hospital através do ambulatório da urgência oftalmológica, que é porta aberta e não necessita de regulação, e tentou o acesso ao posto de internação onde o suspeito estava sob cuidados médicos.

Ao perceberem a tentativa de invasão, a guarda do HUT e policiais que custodiavam o suspeito conseguiram retirar o homem do hospital, que posteriormente se identificou como parente de Débora Vitória, a menina de seis anos morta em um assalto na última sexta-feira (11).

Em nota, o HUT informou que a segurança no local foi reforçada e o suspeito que estava internado já teve alta hospitalar.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no