Quadrilha aplicava golpes usando nomes falsos e roubava TVs em loja de Teresina

A quadrilha comprava os aparelhos de televisão usando documentos falsos e, em seguida, revendia os produtos para terceiros.

27/02/2023 11:59h

Compartilhar no

Duas pessoas identificadas apenas como Maria do Socorro e Romário Jhonny foram presas por equipes do 9º Distrito Policial suspeitas de integrarem uma quadrilha responsável por aplicar golpes em uma loja de Teresina. Segundo o investigador do 9º DP, Edson Campos, a quadrilha comprava os aparelhos de televisão usando documentos falsos e, em seguida, revendia os produtos para terceiros.


Leia também: VÍDEO: Motociclista é atropelado por veículo roubado que fugia da PRF em Floriano 

Foto: Tony Silva/O Dia

As investigações que resultaram na prisão dos dois integrantes da quadrilha iniciaram ainda no ano passado, quando a loja procurou a polícia para denunciar o caso. "Algumas pessoas estavam fazendo várias compras usando documentos falsos. Uma mulher identificada como Maria do Socorro foi presa em Flagrante na semana passada e agora prendemos esse Romário, ou Jhonny, que também fazia parte da equipe dessa mulher", afirmou o investigador do 9º DP.

Foto: Tony Silva/O Dia

De acordo com a polícia, a quadrilha comprava aparelhos de televisão de 55 ou 65 polegadas, que custam em média R$ 6 mil, e revendia por até R$ 2 mil para terceiros, sem quitar o débito com a loja. "Ela fazia a compra usando o nome falso e repassava para esse Jhonny, e esse Jhonny vendia o aparelho por R$ 1,5 mil e R$ 2 mil, um objeto desse que custa aí até R$ 7 mil", afirmou.

Além dos dois presos, outros três integrantes da quadrilha estão sendo investigados por participação no golpe. As pessoas que compraram as TVs da quadrilha também serão indiciadas pelo crime de receptação. Até o momento, cinco televisores foram recuperados pela polícia.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no