“Contra a vontade de muitos”, alfineta Ismael Silva ao declarar voto em Sílvio Mendes

A decisão de Ismael Silva contraria a orientação do PSD, que apoia a base governista e indicará a primeira suplente da chapa de Wellington Dias para o Senado

06/07/2022 14:31h - Atualizado em 06/07/2022 14:38h

Compartilhar no

A declaração de voto do vereador Ismael Silva (PSD) no pré-candidato ao governo do Piauí Sílvio Mendes (União Brasil), durante evento político em Teresina nessa terça-feira (05/07), foi acompanhada de uma afirmação que foi entendida como uma alfinetada nos líderes do seu partido, o PSD.


Leia maisVereadores trocam acusações e José Lira acusa Ismael de se eleger “com dinheiro do PSD” 

Crise na base de Dr. Pessoa: Ismael Silva entrega os cargos após votação de reajuste 


“É com o coração cheio de alegria, de felicidade, contra a vontade de muitos, mas em favor da vontade do povo que faço questão de dizer que estaremos caminhando lado a lado”, disse no palanque ao lado do principal nome de oposição na disputa pelo Palácio de Karnak.

Foto: Divulgação

A decisão de Ismael Silva contraria a orientação do PSD, que apoia a base governista e indicará a primeira suplente da chapa de Wellington Dias para o Senado. O parlamentar já demonstrava que tinha pretensões de seguir com a oposição  e sofreu pressão dentro da sigla para acompanhar os pessedistas. Daí o motivo da declaração do vereador. 

“Não estou aqui por cargos. Não estou aqui por recursos financeiros. Estou aqui por convicção. Convicção que o senhor representa aquilo que defendo como princípios e as diretrizes do seu plano de governo, fazem parte das diretrizes do meu mandato na cidade Teresina, que é a responsabilidade, que é o equilíbrio financeiro das contas, que a transparência da administração pública perante a população”, discursou Ismael no evento. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário