De líder estudantil a chefe do Legislativo; Enzo Samuel é eleito presidente da Câmara

Enzo teve 28 votos favoráveis e um contrário, apenas Ismael Silva votou contra a matéria.

15/06/2022 08:52h - Atualizado em 15/06/2022 11:03h

Compartilhar no

O vereador Enzo Samuel (PDT) foi eleito presidente da mesa diretora da Câmara Municipal de Teresina na manhã desta quarta (15). De origem sindical, nos movimentos estudantis, o político comandará o legislativo no biênio 2023-2024. Alçado ao cargo após uma manobra do presidente da Câmara, Jeová Alencar (Republicanos), Enzo teve 28 votos favoráveis e um contrário, apenas Ismael Silva votou contra a matéria. Enzo assumirá o posto em janeiro de 2023

Foto: Assis Fernandes/O DIA


Leia também: 

Câmara de Teresina antecipa eleição para presidente; Enzo anuncia candidatura 

Enzo Samuel se reunirá com Dr. Pessoa e deve voltar a ser líder de governo na Câmara 

Enzo Samuel deixa a liderança de Dr. Pessoa na Câmara um mês após assumir o cargo 

Em seu pronunciamento Enzo Samuel valorizou as parcerias para a vitória e afastou a possibilidade de racha com a Prefeitura. “Agradeço a Deus pela vitória, foi um processo transparente, demos oportunidade a todos participarem.  Foi uma construção de articulação de ontem o dia todo e hoje  em busca de apoio. Agradeço ao nosso prefeito que respeitou a independência do legislativo. A Câmara estará sempre ao lado das melhores coisas para Teresina. O vice Robert Rios também entendeu o processo e deixo meu respeito a ele, apesar das divergências das últimas semanas. A Câmara continua independente fazendo o melhor pela cidade”, concluiu.

Já o vereador Ismael Silva (PSD), único parlamentar a votar contra o processo, criticou a forma como foi feita a antecipação do pleito. “O que eu tenho com relação ao pleito de hoje é com relação ao debate, ficou prejudicado. Houve uma celeridade, algo rápido, pouco tempo para debate e apresentação de outras candidaturas, como é o caso do vereador Renato Berger, que é o meu colega de partido que tinha interesse de estar candidato, mas por estar licenciado não pode”, lamentou o político.

Jeová se defende das acusações

Principal articulador da eleição de Enzo, o atual presidente Jeová Alencar (Republicanos), se defendeu das acusações de ter feito uma manobra para suplantar a influência do Palácio da Cidade. “Se você acompanhar toda eleição em casas legislativas as chapas só são conhecidas nos últimos momentos. Todos tiveram como dialogar com os vereadores, aqui ninguém foi eleito ontem, nós tivemos um ano e meio para fazer essa escolha. Não prometi eleição nem para o Renato nem para ninguém, não prometo uma coisa que não tenho”, argumentou Jeová.

Presidente “Pão com Mortadela”

Aliados desde os tempos de protestos pelo transporte público, o vereador Deolindo Moura lembrou com bom humor a ligação histórica com o futuro presidente da Câmara a partir de janeiro. Durante a declaração de voto ele lembrou de quando comeu “pão com mortadela” com o Enzo. “O vereador é um parlamentar que nós temos uma parceria desde muito jovem, temos uma admiração grande pela sua história política. A sua chapa tem a maior participação de mulheres da história do legislativo e vamos sempre trabalhar mais por Teresina”, concluiu.  

Veja a nova composição da mesa diretora

Presidente: Enzo Samuel (PDT)

Vice-presidente: Pollyana Rocha (PV)

Segundo Vice: Markim Costa (Republicanos)

Primeiro Secretário: Paulo Lopes (PSDB)

Segundo Secretário: Elzuila Calisto (PT)

Terceiro Secretário: Valdemir Virginio (Progressistas)

Corregedor: Bruno Vilarinho (PTB)

Ouvidor: Capitão Roberval (Sem Partido)

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário