Após corte de verbas, UFPI lança campanha de incentivo ao “consumo consciente” de energia

Campanha “UFPI, Consumo Consciente: Acenda essa ideia!” foi lançada na última sexta-feira (15)

18/07/2022 10:16h - Atualizado em 18/07/2022 10:42h

Compartilhar no

A Universidade Federal do Piauí lançou na última sexta (15) a campanha “UFPI, Consumo Consciente: Acenda essa ideia!”, que consiste na divulgação de materiais educativos no site, redes sociais e espaços da Instituição para o uso sustentável da energia elétrica. A iniciativa vem dias após o anúncio de dois cortes definitivos no orçamento da instituição, que somam quase R$ 7,7 milhões.


Leia também: UFPI e IFPI têm R$ 25 milhões bloqueados com medida do governo


O valor cortado era destinado ao pagamento de despesas de manutenção da universidade, correspondendo a 7,2% do total anual disponível para que a instituição funcione. A nova proposta visa engajar toda a comunidade acadêmica a mudar rotinas e ter novos hábitos para evitar o desperdício de energia elétrica, sobretudo após o retorno das atividades presenciais na UFPI, quando o consumo de energia elétrica aumentou.

(Foto: Divulgação/UFPI)

A campanha é desenvolvida pela Superintendência de Comunicação em parceria com a Comissão Interna de Conservação de Energia (CICE/UFPI), Pró-Reitorias de Planejamento (PROPLAN) e Administração (PRAD) e a Prefeitura Universitária (PREUNI). A Presidente da CICE, Cristiana Leite, explica que a campanha irá focar no redesenho de hábitos, na adoção também nos ambientes da Universidade de preocupações simples que muitas vezes já se tem em casa. "Não se trata de racionamento, mas sim de garantir boa produtividade nas atividades da UFPI, com menor consumo elétrico", disse. 

A Prefeitura Universitária (Preuni) também tem tomado providências para contribuir com uso racional de energia elétrica. As lâmpadas incadescentes e fluorescentes estão sendo gradualmente substituídas por lâmpadas de LED, modelo que além de economizar de 50% a 80% em relação aos tradicionais, também implica menor emissão de carbono. Em toda a Universidade, à medida que surgem demandas, ocorre a substituição pelos modelos mais econômicos.

Pensando em demandar menor consumo de energia, a prioridade é adquirir aparelhos de ar-condicionado com Classificação A de eficiência energética. A campanha terá duração indeterminada

Relembre os cortes no orçamento da UFPI

Universidade Federal do Piauí veio a público no dia 05 de Julho para informar que recebeu a notícia de dois cortes definitivos em seu orçamento que somam quase R$ 7,7 milhões destinados ao pagamento de despesas de manutenção da universidade. Esse valor corresponde a 7,2% do total anual disponível para que a instituição possa funcionar. Este não foi o primeiro corte: desde 2015, a UFPI vem sofrendo sucessivas reduções, mas elas se agravaram com os cortes no orçamento de 2022.

Inicialmente, a UFPI teve um bloqueio, ou seja, uma suspensão temporária em seu orçamento discricionário anual de 2022. Esse bloqueio ocorreu em 27 de maio no montante de mais de R$ 15,5 milhões, ou seja, quase 14,5% do orçamento. Esse bloqueio também atingiu na mesma proporção outras instituições federais de ensino. Aqui no Piauí, o Instituto Federal (IFPI) teve que reduzir serviços básicos como por exemplo o fornecimento de refeições em alguns campi.

(Foto: Reprodução / UFPI)

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário