Dois anos depois, milhares de pessoas voltam a Marechal para desfile de 7 de Setembro

Desde as 07h várias pessoas preenchem as arquibancadas da avenida para acompanhar a passagem de tropas, veículos militares e estudantes.

07/09/2022 07:55h - Atualizado em 08/09/2022 08:52h

Compartilhar no

No ano em que se comemora 200 anos da Independência do Brasil, milhares de pessoas comparecem a Avenida Marechal Castelo Branco para a tradicional para de Sete de Setembro. Depois de dois anos de pandemia, o desfile cívico volta a acontecer em Teresina. Desde as 07h várias pessoas preenchem as arquibancadas da avenida para acompanhar a passagem de tropas, veículos militares e crianças. 

De acordo com a organização do evento, o público estimado é de mais de 40 mil pessoas. Também prestigiaram a cerimônia, em gabinete militar, a Governadora do Piauí, Regina Sousao Prefeito de Teresina, Dr. Pessoa e outras autoridades do Estado. O desfile contou com a participação de estudantes do Colégio da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Banda da Escola Didácio Silva, além de equipes do 2° Batalhão de Engenharia de Construção e diversas outras apresentações. 

A Governadora Regina Sousa classificou o evento como o maior que acompanhou e valorizou a luta pela liberdade.“Hoje foi um dos maiores desfiles que a gente teve, talvez pela espera de dois anos e também pelo movimento de 200 anos da Independência. É importante as pessoas lembrarem a história e redescobrirem muitos pontos da nossa luta por liberdade, como a batalha do jenipapo, quando estudei não tinha nos livros. É uma coisa que todo mundo comemora, mas hoje foi o maior desfile que já vi. Viva a independência”, completou a Governadora. 


(Fotos: Jailson Soares/ODIA)

A Polícia Militar e a Guarda Municipal de Teresina estiveram com um efetivo de 96 agentes de segurança durante as comemorações do Dia da Independência do Brasil. Ao todo, são 90 policiais militares e seis guardas municipais dentro e nos arredores da Avenida Marechal Castelo Branco, local do desfile cívico de 7 de Setembro. Agentes da STRANS também estão orientando os condutores sobre as mudanças no trânsito da região.

Lidiane Oliveira,  uma dos milhares de teresinenses que prestigiaram o evento, destacou a importância do retorno das comemorações da Independência do Brasil. "É um evento para a família e as crianças conseguem ver um pouco da história. Eu achei maravilhoso". Todavia, Lidiane pontua que faltou lixeiras no local: "Tive que guardar o lixo na bolsa". 

Confira o vídeo:

Além das apresentações, o desfile foi marcado pela reivindicação de professores, enfermeiros e outras categorias do município, que aproveitaram o desfile em alusão ao 07 de Setembro para se manifestar no Grito dos Excluídos. Os enfermeiros, que protestam contra a derrubada do piso nacional da enfermagem, contam com cartazes que dizem frases como "sem piso, sem enfermagem". Durante protesto, eles gritam:  "Enfermeiros guerreiros do povo brasileiro". 


(Fotos: Jailson Soares/ODIA)

Sobre o protesto dos professores, o coordenador geral do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina (Sindserm), Sinésio Soares, destaca que já são mais de 200 dias em greve. "Continuamos na luta e na resistência  contra uma atitude arbitrária do prefeito Dr. Pessoa e do secretário Nouga que não cumprem a lei federal", disse. Sobre o Sete de Setembro, Sinésio Soares afirma que não pode-se dizer que o Brasil é um país independente. "Esses 200 anos não são de independência, nós somos uma sub metrópole, uma colônia dos países imperialistas". 

Presente na cerimônia, o Coronel Diego Melo (PL), candidato a governador do Piauí, fala sobre o significado da independência e a "libertação" do Brasil. "As pessoas lutaram muito para que pudéssemos herdar esse país abençoado". 


Ainda hoje

No período da tarde, está marcado também uma manifestação de apoiadores do Presidente Jair Bolsonaro (PL), que deve começar no Balão da Avenida Aquiles Wall Ferraz e seguir em direção à Ponte Estaiada. Ao Portal O Dia, a PM informou que deve acompanhar o ato. Porém, o efetivo para a manifestação da tarde não foi informado.


É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no