Piauí tem maior queda no preço da gasolina no Brasil no mês de agosto, diz levantamento

O Estado registrou queda de 16,37% no preço do combustível.

30/08/2022 09:12h

Compartilhar no

O preço médio da gasolina apresentou redução de 10,93% em agosto, na comparação com o mês de julho, no Brasil. Porém, o Piauí registrou uma diminuição ainda maior no preço do produto. É o que revela levantamento exclusivo feito por uma empresa especializada em soluções de gestão de frotas.

Os dados mostram que os estados brasileiros que registraram as maiores quedas foram Piauí (-16,37%), Rio Grande do Norte (-14,86%), Sergipe (-14,46%), Maranhão (-14,46%) e Pernambuco (-14,39%). Nenhum estado apresentou altas nos preços, mas as quedas mais tímidas foram verificadas no Paraná (-7,25%), Roraima (-7,47%) e Santa Catarina (-8,01%). Com a redução, o preço médio anotado no Piauí está em R$ 5,68

(Foto: Arquivo / O DIA)

"O recuo dos preços da gasolina, pelo segundo mês consecutivo, é fruto da combinação de dois fatores principais: a redução do ICMS e do PIS/Cofins pelos estados e a queda do valor do combustível para as refinarias pela Petrobras, decorrente da política de paridade de preços com o valor do petróleo no mercado global", analisa José Ortigosa, CEO da empresa.

Reduções recentes anunciadas pela Petrobrás

Doze dias após a redução de 4,8% do preço da gasolina nas refinarias da Petrobras, o combustível voltou a ceder na semana de 21 a 27 de agosto na comparação com a semana anterior, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O preço médio caiu 2,7%, para R$ 5,25 o litro. O preço mais alto encontrado pela ANP foi de R$ 7,00 o litro, na cidade de Tefé (AM), e o mais baixo de R$ 4,19, em Castro (PR).


Leia também: ICMS dos Combustíveis: Governadora confirma queda de R$ 94 milhões na arrecadação


Confira o preço médio da gasolina nos Estados do Nordeste:

SE - 5,729

RN - 5,723

PI - 5,682

PE - 5,925

PB - 5,742

MA - 5,904

CE - 5,894

BA - 5,874

AL - 5,941

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com infrormações da ValeCard

Deixe seu comentário