Homem ateia fogo em ônibus na Praça Saraiva; ação teria sido motivada por vingança

Segundo informações, o homem estaria vingando a morte de Amanda Santos Carvalho, que foi atropelada e arrastada por um ônibus em agosto deste ano.

27/09/2022 17:17h - Atualizado em 27/09/2022 18:19h

Compartilhar no

Um homem, ainda não identificado, ateou fogo em um ônibus da empresa Timon City na Praça Saraiva, localizada no Centro de Teresina, na tarde desta terça-feira (27). Ele estaria vingando a morte de Amanda Santos Carvalho, de 22 anos, que foi atropelada e arrastada por um ônibus em agosto deste ano.

Confira o vídeo:

Segundo informações de passageiros, o homem teria apedrejado o ônibus e, logo após adentrá-lo, pediu para que todos deixassem o veículo. "Ele jogou pedras e depois mandou todo mundo descer, dizendo que queria só o ônibus. Todo mundo ficou desesperado, as crianças em pânico, tudo pegou fogo. Minha mãe quase ficou presa na roleta de ônibus", relata Darlene da Silva, moradora de Timon que se encontrava dentro do ônibus no momento do crime. 

As informações dão conta ainda que o homem ameaçou o motorista com um canivete e que estava com um galão de gasolina dentro da mochila. Um dos responsáveis pela empresa de ônibus que estava presente, Ramon Alves, destacou que essa ação gerou um grande prejuízo e que o criminoso deve pagar pelo crime. 

De acordo com o delegado geral Lucy Keiko, o crime é considerado grave, pelo fato de ter colocado uma grande quantidade de pessoas em risco. “Ele adentrou falando uma série de coisas e isso será checado ao ouvirmos as testemunhas. É um crime grave, pois ele colocou muitas pessoas em risco”, disse. 

O homem escreveu ainda uma carta, onde afirma que o ato seria uma vingança. "Hoje a justiça está sendo feita em nome dela e de sua família", diz a carta. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Adriana Magalhães

Deixe seu comentário