Com redução da chuvas, Defesa Civil diz que enchentes estão controladas no Sul do Piauí

Em Floriano, 160 famílias ficaram desabrigadas, em Uruçuí, foram 65 famílias atingidas pelas chuvas

07/01/2022 09:48h - Atualizado em 07/01/2022 10:41h

Compartilhar no

Após enfrentar fortes chuvas no início desta semana, com enchentes e prejuízos, os municípios de Floriano e Uruçuí começam a voltar à normalidade. As cidades sofreram inundações após o Rio Parnaíba transbordar. O secretário de Defesa Civil do Piauí, José Augusto Nunes, fez um balanço do cenário na região e “pede” ajuda de São Pedro para evitar que o rio volte a transbordar.


Leia também:

Wellington Dias visita vítimas de alagamento em Floriano e Uruçuí 

Em Teresina, Governo Federal anuncia apoio para cidades atingidas por enchentes no Piauí 


As cidades ribeirinhas do Rio Parnaíba, em Uruçuí e Floriano, estão sob controle, apesar da força das águas. Na cidade de Uruçuí, as famílias que estão em áreas alagadas são as que residem ou têm atividades próximo ao rio, como pescadores. Eles foram removidos, com orientação da Defesa Civil estadual, em conjunto com o Corpo de Bombeiros e órgãos do município”, disse.

(Foto: Reprodução/Tárcio Cruz/ODIA)

José Augusto Nunes também pontua que, em Floriano, a situação registrada no município foi atípica, uma vez que o rio atingiu a cota de inundação. Na cidade, as famílias também foram retiradas imediatamente de seus lares pela Defesa Civil. Entretanto, a preocupação neste momento é com o volume das águas da Barragem de Boa Esperança.


Leia também: 

Enchente em Floriano: Rio Parnaíba transborda e deixa 20 famílias desabrigadas 
Floriano corre risco de inundação após aumento da vazão da Barragem de Boa Esperança 
Enchente em Uruçuí: decreto de situação de emergência é publicado 


“Foi uma situação momentânea, de modo que no dia seguinte o rio voltou a secar. Hoje, o Rio Parnaíba, na cidade de Floriano, está na cota de alerta, portanto, não estamos em inundação e a cidade voltou à normalidade. O que nos preocupa é a Barragem de Boa Esperança, que está com 80% do seu volume. Na quarta e na quinta choveu muito na região, a carga de água e a afluência que a barragem recebe, segundo os dados da Chesf CPRM, está na ordem de 1.000m³/s, e temos uma descarga de 2.000m³/s. É preciso que São Pedro também colabore, no sentido de diminuir as chuvas nas cabeceiras dos rios Parnaíba, Balsas e Uruçuí Preto”, complementa José Augusto Nunes, secretário de Defesa Civil Estadual.

Em Floriano, 160 famílias ficaram desabrigadas, em Uruçuí, foram 65 famílias atingidas pelas chuvas.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário