“Os poderosos querem nos calar”, diz Lourdes Melo após indeferimento de candidatura

O TRE indeferiu a candidatura da professora e do vice, Cloves José, na tarde da última segunda (26)

27/09/2022 12:24h - Atualizado em 27/09/2022 13:29h

Compartilhar no

Após o indeferimento de sua candidatura ao Governo do Estado, a candidata Lourdes Melo (PCO) rebateu duramente o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí pela decisão. Como informou o Portal O Dia, o TRE indeferiu a candidatura da professora e do vice, Cloves José, na tarde da última segunda (26).  O motivo do indeferimento da candidatura segundo o órgão foi a  “Ausência de quitação eleitoral. Indeferimento do demonstrativo de regularidade de atos partidários e do registro de candidatura” de Cloves José.


Leia Mais: 
Após oficialização do PCO, Lourdes Melo será candidata pela nona vez seguida 
Eleição: Lourdes Melo defende que juízes sejam eleitos por voto popular 
Lourdes Melo defende fim do vestibular e vagas para todos na universidade 
TRE indefere candidatura de Lourdes Melo para o Governo do Piauí 




Foto: Arquivo ODIA

Lourdes repetiu o bordão que repercutiu nacionalmente durante a campanha eleitoral e revelou que estaria sendo “calada”.  “Cumprimos tudo que o TRE solicitou dentro do prazo correto. Entregamos toda a documentação corretamente, mas mesmo assim eles indeferiram nossa candidatura. Nós continuamos sendo candidata, vamos continuar na eleição defendendo um governo dos trabalhadores para o Brasil. Os poderosos querem nos calar, mas não nos calarão. Estamos recorrendo dessa decisão e vamos recorrer até o fim”, disse a candidata.

A educadora criticou também o que chamou de “falta de democracia” e “picaretagem”.  “Isso aí é um papel que demonstra a falta de democracia e a ditadura que é uma eleição. Em todos os aspectos não temos espaço no horário eleitoral gratuito, não temos espaço no debate. Também não temos recursos, o ministro Alexandre de Moraes reteve por 20 dias nossos recursos. É todo um tipo de picaretagem mesmo de certo segmento que ataca e persegue o nosso partido, mas nem por isso vamos desistir”, concluiu.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário